Fanfics
Seja bem vindo(a) ao Fórum Fanfiction.
Aqui você pode ler, escrever, comentar, jogar, fazer amigos e muito mais!
Então... o que está esperando? Se cadastre e comece a diversão! Very Happy

Divórcio

Ir em baixo

Divórcio

Mensagem por July Strife em Seg Jul 02, 2012 8:43 am

A história começa com um despertador tocando. Uma menina acorda.
“ Olá! Me chamo Juliana, tenho 19 anos e moro em Belém-PA. Ontem de manhã recebi uma ótima noticia... Me chamaram para ser interprete na Coréia do Sul, por uma empresa chamada SM Entertainment. Ok... Agora eu posso me alarmar, mas pelo menos poderei conhecer as bandas: Suju e HoMin “.
Depois do ritual matinal, vou arrumar minha mala, e depois... Hora da partida!
Após arrumar a mala, saio de casa e vou para o aeroporto. Ao meu avião chegar, embarco nele, e depois de várias horas... Estou na Coréia do Sul.
Saio do avião e vejo um homem com meu nome em um papel, então me aproximo dele.
? – Olá! Você deve ser a senhorita Juliana. Certo?
Juliana – Certo, mas me chame de Juliana apenas.
? – Ah sim, queira me desculpar... Prazer. Sou Lee Só Man.
Juliana – Prazer.
Presidente – Vamos, irei lhe mostrar minha empresa, mas antes mostrarei onde ficará.
E assim partimos. Passamos por algumas ruas, até chegar ao hotel que ficarei. A recepcionista dá a chave de meu quarto ao presidente, então vamos para ela, e ele abre a porta.
Presidente – Bom, é aqui que você ficará. Desfaça suas malas, e amanhã de manhã, eu virei aqui e lhe mostrarei minha empresa. Entendeu?
Juliana – Sim.
Presidente – Ótimo. Então até a manhã. – Diz virando-se.
Juliana – Até. – Ele vai embora. Pego a chave na porta, fecho-a e vou para o meu quarto desfazer as malas.
Lee Só Man vai andando até chegar a sua empresa. E chegando lá, ele vai para a sala onde estão as bandas: Suju e HoMin.
Leeteuk – Hyung, onde você estava?
Presidente – Fui buscar uma pessoa.
Heechul – E quem seria?
Presidente – Tente adivinhar.
Heechul – Hyung!
Presidente – Que é?!
Changmin – E quando vamos conhecer essa pessoa? Hoje?
Presidente – Hoje não. Amanhã.
Changmin – Certo. E é mulher ou homem?
Presidente – Mulher. Se fosse homem, eu não teria o trabalho de buscá-lo né Changmin. – Changmin fecha a cara.
Heechul – Mulher? Aí Yunho, você pode namorá-la.
Leeteuk – É. Assim você pode sair da seca.
Yunho – Ah ta. Até parece que vocês já saíram da seca!
Presidente – Hey vocês já chega! Ninguém vai namorar com ela ou com qualquer outra pessoa. Entenderam?!
Todos – Sim.
Presidente – Ótimo. – Vai para a sua sala.
Kangin – Eu hein! Cara ranzinza.

No outro dia, Lee So Man já está na porta de meu apartamento, ele toca a campainha e minutos depois eu atendo.
Presidente – Pronta?
Juliana – Sim. Deixe-me apenas pegar minha bolsa, mas enquanto isso, entre, por favor. – Ele entrou e fui para o meu quarto, pegar minha bolsa. Após alguns minutos, volto com ela – Vamos.
E assim saímos do apartamento, seguido do hotel. Logo seguimos em frente, entrando por várias ruas até chegar a SM Entertainment. Entrando na sala onde estão as boys bands: Suju e HoMin.
Todos – Hyung!
Presidente – Pessoal, essa menina é a tradutora contratada por nossa empresa.
Juliana – Prazer. Me chamo Juliana.
Todos – Prazer.
Presidente – Deem-se bem com ela e nada de gracinhas! – Olha para mim – Você conhece todos?
Juliana – Sim.
Presidente – Até nossos dois novos cantores?
Juliana – Dois novos cantores?
Presidente – Sim. O DBSK. – Aponta para Yunho e Changmin.
Juliana – Ah, conheço sim.
Presidente – Sério? E desde quando?
Juliana – Desde que eles se vestiam de animais. – Diz apenas para as bandas escutarem, então eles dão pequenos risos.
Presidente – Qual a graça?
Todos – Nada. – O presidente volta a atenção para mim.
Presidente – O que foi que você disse? Eu não escutei.
Juliana – Disse que os conheço desde que gravaram Keep Your Head Down.
Presidente – Ah sim. Ótima música não?
Juliana – Sim. Eles são muito talentosos. – Um membro do Suju, chama minha atenção, fingindo uma tosse – E é claro que não posso me esquecer do Suju, que também são talentosos.
Heechul – Ah, quê isso. – Leeteuk dá um tapa em sua cabeça, fazendo-me dar um pequeno riso.
Presidente – Bom, vou deixá-la com eles, para se conhecerem um pouco.
Juliana – Tudo bem. – O presidente vai para a porta e abre-a.
Presidente – E meninos, nada de gracinhas hein.
Todos – Sim hyung. – Ele fecha a porta e logo depois eu sento em um sofá.
Yunho – Então... De onde você é?
Juliana – Sou do Brasil.
Shindong – Olha, o Yunho começou uma conversa... Isso quer dizer que ele gostou de você Juliana.
Yunho – Cala a boca. – Diz jogando um travesseiro no amigo.
Eunhyuk – Olha como ele ficou nervoso.
Shindong – É verdade. – Quando Yunho ia jogar outro travesseiro, eu digo:
– Parem, por favor! Não quero que briguem. – Yunho a olha e coloca o travesseiro no lugar.
Sungmin – Tão gentil... Você é assim mesmo ou só faz isto por que está perto de nós?
Juliana – Sou assim mesmo.
Kangin – Que bom... Quantos idiomas você sabe falar?
Juliana – 15.
Changmin – Sério? Que legal!
E assim, ficamos conversando por um bom tempo... Uma longa amizade se formou e diariamente os meninos e eu, nos conhecíamos melhor.
Uma semana se passou, todos já se conheciam e em uma certa noite, Yunho se ofereceu para me levar para casa.
Ao chegarmos na porta de meu apartamento me despedi de Yunho e abri a porta, mas quando ia entrar, ele me puxou e me beijou.
“ Nunca pensei que isso fosse acontecer, mas aconteceu e... A sensação é maravilhosa”.
Fechei meus olhos e me deixei levar pelo beijo, um beijo leve e gentil. E após alguns minutos, ele cessa.
Juliana – Yun...
Yunho – Seja minha namorada.
Juliana – E-eu? – Pergunta surpresa.
Yunho – Sim.
Juliana – E-eu não sei. Você é cantor e...
Yunho – Não se preocupe com isso, pois sempre terei tempo para você. A vida de cantor é apenas para a sobrevivência, mas você... Você é minha vida. Aquela com quem quero passar a eternidade.
Juliana – Yun eu...
Yunho – Me aceite e prometo fazê-la feliz, custe o que custar... – Ele toca em meu rosto – Eu te amo e não quero te perder. – Este tira de seu bolso, um anel e coloca em meu dedo – Você aceita? – Sorrio.
Juliana – É claro que sim. – Abraço-o.
“ Desde aquele dia, começamos a namorar, escondido do presidente da SM é claro, pois se ele soubesse, iria avisar a imprensa, paparazzis, etc, e se esse fosse o caso... Nossa vida viraria um inferno, mas... Espero que isso não aconteça.
Diariamente, passávamos a compartilhar coisas: Medos, sonhos, realizações, fracassos, etc.
Tudo para nossa vida juntos, o entendimento... Para sermos um casal feliz.
E como todo casal, tínhamos propósitos: Nos casar, ter filhos e viver a vida, como sempre sonhamos.
Portanto, desde o começo de nosso namoro, o único que sabia, era Shim Changmin... O protetor de nosso compromisso.

2 anos se passam, dando fim ao nosso namoro, mas dando vida de casados... Isso mesmo, em um belo dia, Jung Yunho me pediu em casamento. Iríamos realizar nossos sonhos.
A alegria foi tanta que começamos os preparativos para o casamento. Após os preparativos, chega o dia desejado, ou melhor, a noite esperada.
Tudo foi lindo, as damas de honra, as flores, tudo. Mas o melhor foi na hora do “Sim” foi maravilhoso. Mas é claro que pedimos sigilo ao casamento, apenas para o padre saber, pois não queremos alvoroço.
Após, fomos para a lua de mel. Não sei aonde será, pois Yunho disse que queria fazer uma surpresa. Ele me fez fechar os olhos, e chegando ao lugar, abri meus olhos e me deparei com um quarto lindo.
Yunho – Gostou?
Juliana – Se gostei... É maravilhoso. – Yunho sorri.
Yunho – Advinha onde estamos. – Olho-o.
Juliana – Não me diga que...
Yunho – Isso mesmo. Você não disse que queria ver o quarto em que eu estou no clipe Hi Ya Ya? Então... Aqui estamos.
Juliana – Ah Yun, você é demais. – Beijo-o. E depois passo a andar pelo quarto – É lindo Yun. – Sento na cama e chamo-o com o indicador.
Ele sorri, e vai á minha direção. Após, me deita e começa a me beijar. Passando em seguida, os beijos, para meu pescoço e depois para meus seios. Yunho beija, beija, até que aproxima seu rosto do meu.
Yunho – Tira esse vestido vai. – Sorrio com a afirmação e logo beijo-o.
Juliana – Como quiser. – Yunho sai de cima de mim, levanto-me e ele senta-se na cama.
Abro meu zíper, fazendo cair meu vestido. Yunho sorri e faz o gesto de “vem aqui agora”, entendendo o recado, vou para cima dele, porém ele me vira, ficando por cima e voltando a me beijar.
Volta a beijar meu copo, chega a minhas coxas, mas volta para cima e me beija. Yun tira sua camisa e logo empurrou na cama, ficando sobre cima dele.
Juliana – Vamos à regra... Eu começo. – Ele assenti e depois tiro sua parte de baixo.
Ao tirar, abaixo-me e beijo-o, partindo assim para seu corpo, chupando-o, arrancando gemidos.
Chegando em baixo, abocanhei seu membro, fazendo-o dar um grito de prazer. Passei a aumentar a velocidade e enquanto isso, Yunho passava a mão por meu cabelo, querendo mais. Mas logo parei o ato.
Ele ficou sobre mim e logo introduziu seu membro, gemi baixo. Yunho aproximou seu rosto do meu e me beijou, passando a aumentar a velocidade das estocadas.
Assim ele ficou, oras me beijando, oras chupando meu pescoço, ainda com as estocadas.
Juliana – M-mais forte.
Ao pedir, ele aumentou mais as estocadas, levando-me a loucura. Mas logo ele parou, sentou-se na cama e me puxou, fazendo-me sentar em seu membro.
Enlacei seu pescoço e comecei a mexer meu quadril para cima e para baixo. Ele sorriu e segurou-me. Aumentei a velocidade e este começou a gemer mais e aos poucos ia aumentando mais.
Chegou ao ápice, soltou tudo dentro de mim. Após, sai de cima dele e deitamos na cama.

No outro dia... Acordo e não vejo meu amado. Vou tomar banho e ao trocar-me, sigo para a varanda e encontro-o sentado em uma cadeira. Aproximo-me dele.
Juliana – Yun... – Ele me olha – Bom dia! – Beijo-o.
Yunho – Bom dia. – Olho para os lados.
Juliana – Aqui é muito bonito.
Yunho – É... E tudo pra você. – Diz me olhando.
Juliana – Ah Yun, você é demais. – Beijo-o novamente.
Yunho – Vamos tomar café. – Assenti.
Logo começamos a tomar café e ao terminar, conversávamos. Certa hora olhei para a direita e vi alguém se movimentando. Vou até lá.
Me aproximo aos poucos e chegando lá, vejo um homem.
Juliana – Paparazzi? – Ele assusta-se, olha para mim e tira uma foto minha, fazendo-me cair. Yunho me olha.
Yunho – Querida, o que foi? – Vai á minha direção e ao chegar levanto-me.
Juliana – J-Jung Yunho, o que significa isso?! – Yunho olha para o homem.
Yunho – O que está fazendo aqui?! Quem te deixou entrar?! – O homem recua.
Juliana – Foi você que o deixou entrar?!
Yunho – Não. Claro que não.
Juliana – Então quem foi?!... Desculpa Yunho, mas eu não posso viver assim. – Dou meia volta e siga para a porta.
Yunho – Espere! – Corre á minha direção, logo eu viro e digo:
– Quero o divórcio.
Yunho – O quê?!
Juliana – Desculpa Yun... – Sigo para a porta da frente.
Yunho – Não, por favor. – Ele segue-me e chegando à porta, olho-o.
Juliana – Adeus Yun... – Fecho a porta.
Yunho – July! – Senta-se no chão – Por quê?! Por quê?! – Diz chorando. Ele fica um pouco sentado no chão e depois segue para a varanda, chegando no homem – Quem mandou você?! – Diz segurando na gola da camisa do homem – Me diga!
Homem – Não vou dizer nada! – Diz tirando as mãos de Yunho de sua gola, depois saindo da casa.
Yunho – Desgraçado... July... – Cai no chão, ainda chorando – Não entendo. Quem deixou aquele paparazzi entrar aqui? – Lembra-se de um nome – Lee So Man.
Ele levanta-se, sai da casa e segue para a SM Entertainment. Chegando lá, vai para o escritório do presidente.
Presidente – Yunho, o que faz aqui? – Yunho aproxima-se dele.
Yunho – Foi você não foi?!
Presidente – Do que está falando?
Yunho – Foi você que enviou aquele paparazzi a minha casa não foi?!
Presidente – Foi.
Yunho – E por que fez isso?!
Presidente – Eu disse que ninguém podia namorar com aquela garota... Muito menos casar com ela.
Yunho – C-como descobriu?!
Presidente – Tenho meus meios.
Yunho – Você não tem o direito de fazer isso!
Presidente – Direito?! Vou te dizer o que é direito... Você faz parte da SM, então o que eu digo é lei!
Yunho – O quê?!
Presidente – Foi isso mesmo o que ouviu. Agora se me der licença, tenho coisas a fazer.
Yunho – Você não vai se sair dessa!
Presidente – Saia Yunho! – Ele sai, mas batendo a porta com tudo.
Após sair da casa, corro para o apartamento de minha amiga Rebeca. Chegando lá, toco a campainha, logo ela atende.
Juliana – Rebeca... – Aproximo-me de Rebeca, chorando.
Rebeca – Ju o que foi? – Leva-me a sentar no sofá – Conte-me.
Juliana – T-Tinha um paparazzi hoje, na casa em que o Yun e eu estavamos.
Rebeca – Um paparazzi? Mas quem o deixou entrar?
Juliana – Não sei. O Yun disse que não foi ele, mas... Ah não sei.
Rebeca – Ah amiga, você fez o que eu penso que fez?
Juliana – Sim.
Rebeca – Mas amiga, ele é cantor, faz parte.
Juliana – Eu sei, mas... Uma coisa é eles tirarem fotos quando estivermos em outro lugar e outra coisa é quando eles estão na casa, fotografando momentos íntimos.
Rebeca – Nesse lado eu entendo, mas... Pense sobre isso. Vocês podem tentar resolver. Não acha?
Juliana – Sim. Mas por enquanto não. Vou pensar.
Rebeca – É assim que se fala amiga.
Juliana – Certo. Vamos fazer alguma coisa, não quero mais pensar nisso.
Rebeca – Ta bom. – Fomos para a cozinha, preparar o almoço.

No outro dia, as duas bandas estão na SM, na sala de dança, treinando as coreografias. Yunho e Changmin estão sentados no chão, conversando.
Changmin – O que?!
Yunho – É isso mesmo o que escutou Min.
Changmin – Mas você tem certeza de que quem deixou aquele paparazzi entrar na casa, foi o presidente?
Yunho – Tenho. Quem você acha que faria isso, se não ele?
Changmin – Caramba hyung... – Leeteuk chega neles.
Leeteuk – Sobre o que estão falando?
Yunho – Nada.
Leeteuk – Ta bom. Então vamos falar de nada. – Senta-se... Silencio total...
Yunho – Ta bom, ta bom, eu falo chato. – Recebe um peteleco na testa.
Leeteuk – Respeita que eu sou o mais velho! – Yunho massageia.
Yunho – Mas ambos somos lideres, então posso falar assim.
Leeteuk – Uhum... Ta... Sei...
Yunho – Mas é.
Changmin – Ai hyung, só tu mesmo.
Yunho – Que foi?
Changmin – Nada, nada. Vamos contar a ele.
Yunho – Tudo bem. – Este começa a contar...
Leeteuk – O que?! – Yunho e Changmin se olham – Tem certeza disso?
Yunho – Tenho figurinha repetida.
Leeteuk – Que?
Yunho –... Esquece.
Changmin – O que você vai fazer?
Yunho – Não sei Changmin... Simplesmente não sei...

Passam-se dias e meses... Yunho ia diariamente treinar, mas sempre olhando para o tempo, nunca no que se passava ao seu redor. Sempre pensando em sua amada, em um jeito de tê-la de volta.
Mas sempre perdendo-se em seus pensamentos, tentando achar uma saída... Porém, sem resultados. Deixando seus amigos preocupados, mas não tão quanto Changmin, seu melhor amigo desde então.

Certo dia estava em meu apartamento, sentada no sofá da sala, quando toca a campainha. Vou atender... Era Changmin.
Juliana – Changmin?
Changmin – Preciso falar com você.
Juliana – Claro. Pode entrar. – Dou passagem a este, que entra e senta no sofá. Vou até ele – Então? O que quer falar?
Changmin – Sobre o Yunho hyung.
Juliana – Changmin...
Changmin – Me escuta. Você tem que falar com ele.
Juliana – Por quê?
Changmin – Por quê?!... Juliana, desde você disse que queria o divórcio, ele tem estado triste.
Juliana – É um preço a se pagar.
Changmin – O que?! Mas ele não fez nada.
Juliana – Como você sabe?
Changmin – Porque ele me disse.
Juliana – Então se não foi ele, quem foi? – Changmin respira fundo.
Changmin– Foi o Lee So Man.
Juliana – Lee So Man? Por que ele faria isso?
Changmin – Ora, você conhece o DBSK desde 2003, conhece a SM... Sabe do que ele é capaz.
Juliana – É, isso eu sei.
Changmin – Então se sabes, fale com o hyung... Poxa, desde que você saiu, ele anda deprimido, pensativo, não presta atenção nos ensaios... Não direito.
Juliana – E-Eu não sei.
Changmin – Por favor. Eu não gosto de vê-lo daquele jeito.
Juliana –... Está bem... Ele está na empresa agora?
Changmin – Sim. Mas hoje ele disse que ficaria lá, só até à tarde, pois a noite ele ficará em casa.
Juliana – Certo. De tarde vou lá com ele então.
Changmin – Obrigado. Bom... Eu tenho que voltar. – Nos levantamos. Sigo até a porta – Até.
Juliana – Até. – Ele vai embora.
Fecho a porta e deito-me no sofá, pensando no pedido de Changmin.
Espero um bom tempo, até chegar a noite. Ao dar 21:00 horas, sigo para o apartamento de Yunho e chegando lá, bato na porta... Segundos depois, abro-a. Vejo-o sentado na cama, cabisbaixo, aproximo-me dele.
Juliana – Yun... – Ele olha-me.
Yunho – July...
Juliana – Você está bem?
Yunho – Não.
Juliana – Por que não?
Yunho – Eu... Sinto sua falta.
Juliana – Eu também sinto.
Yunho – Então volta pra mim.
Juliana – Yun eu...
Yunho – Você não quer?
Juliana – Claro que sim.
Yunho – E então?
Juliana – E-eu não sei. Se eu voltar, vai acontecer de novo.
Yunho – Mas já te disse que não fui eu.
Juliana – É. Eu sei. O Changmin me disse.
Yunho – O presidente é o culpado. – Ele me puxa e me abraça – Esqueça disso e volte para mim... Eu já arranjei uma solução.
Juliana – Qual solução?
Yunho – Sairei da SM.
Juliana – O que?! Yun, você não pode. Isso é sua vida.
Yunho – Não. Minha vida é você... – Acaricia meu rosto – Como eu havia dito isso é apenas para a minha sobrevivência.
Juliana – Mas Yun...
Yunho – Não. Já me decidi. Prefiro sair da SM a brigar com você.
Juliana – Tem certeza?
Yunho – Sim. – Olha-me. Sorrio e beijo-o.

No outro dia, Yunho e eu vamos para a SM, mas ele entra primeiro.
Changmin – Hyung... – Logo depois eu entro. Changmin sorri. Lee Só Man sai de sua sala.
Presidente – Yunho? – Olha para mim – O que estão fazendo aqui?!
Yunho – Vim dizer que estou saindo da SM.
Todos – O quê?!...
Presidente – Não pode fazer isso!
Yunho – Já estou fazendo. – Vai para perto de mim.
Juliana – Mais uma coisa... O Changmin vem com a gente. – Changmin sorri e vai ao meu encontro.
Presidente – Ora seu!... Pode ir. Não preciso de você!
Yunho – Certo. – Olha para mim – Vamos querida. – Segue em frente.
Juliana – Vamos Changmin... – Changmin, Yunho e eu, saímos da empresa.

Já era noite, quando ouço alguém bater na porta e entrar.
Yunho – Querida, vamos. O Changmin já está esperando.
Juliana – Ok. Eu já vou.
Yunho sai do quarto. Fecho meu diário e desço. Vejo os meninos, desço a escada e vou á direção deles.
Yunho – Vamos? – Beijo-o.
Juliana – Vamos. – Yunho pega em minha mão, olho para Changmin.
Changmin olha-me, sorrimos um para o outro, pego em sua mão e juntos, saímos da casa.
FIM

Gostaram?

July Strife

Mensagens : 78
Pontos : 2689
Data de inscrição : 10/12/2011
Idade : 26
Localização : Belém-PA

http://www.julystrife.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Divórcio

Mensagem por Dawn em Qua Jul 11, 2012 3:28 pm

Feliz 1 ano de fórum!

_________________

Regras e Informações & Tutoriais e Dicas

"And if I claim to be a wise man, well, it surely means that I don't know"
avatar
Dawn
Admin

Mensagens : 1897
Pontos : 7401
Data de inscrição : 11/07/2011
Localização : Mystic falls U.U

http://salvatoreh.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum