Fanfics
Seja bem vindo(a) ao Fórum Fanfiction.
Aqui você pode ler, escrever, comentar, jogar, fazer amigos e muito mais!
Então... o que está esperando? Se cadastre e comece a diversão! Very Happy

Especial: Concurso de Natal!

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por JuhSalvatore em Qua Jan 04, 2012 11:33 am

aproveitando meus últimos momentos de escritora do mês
louca pra saber as vencedoras
com certeza as fics estão maravilhosas.
avatar
JuhSalvatore

Mensagens : 2809
Pontos : 7453
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 23
Localização : Aqui com os Winchester

http://twitter.com/HunterOfTheSPN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Vichan em Qua Jan 04, 2012 8:30 pm

miaDamphyr escreveu:Sim, temos quase o mesmo estilo descritivo de escrita Vichan. Por isso fiquei apreensiva, porque tive que resumir muito, uma coisa que eu tinha escrito bastante, e enviei rapidinho. Depois mudaram para tres paginas fiquei em chamas ahahahah, mas como ja tinha dito, nao faz mal, so quero mesmo eh ver a fic vencedora! E pelo teu estilo acredito que sejas uma forte candidata. Mas que estao a levar tempo, estao lool.

É, demorei mais tempo pra escrever, fiquei um bom tempo revisando o texto e por isso demorei mais. Duvido um pouco de ser forte candidata, afinal, ainda sou novata, mas enfim, obrigada pelo elogio. E garotas, a fanfics vencedora cadê, cadê?
avatar
Vichan

Mensagens : 39
Pontos : 2926
Data de inscrição : 10/12/2011
Idade : 22
Localização : Base da Across

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Viic em Qui Jan 05, 2012 9:24 pm

também tô curiosa para ler as fics vencedoras *pega a pipoca*
concordo com a Ju, devem estar todas maravilhosas Very Happy

_________________
Spoiler:

Spoiler:

Spoiler:
avatar
Viic

Mensagens : 903
Pontos : 4830
Data de inscrição : 15/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Eloo em Sab Jan 07, 2012 6:49 pm

Meninas, calma, vamos trazer o resultado o mais rápido possível, ok? Smile

_________________
avatar
Eloo
Admin

Mensagens : 2414
Pontos : 7708
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 21
Localização : Nárnia :B

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Mothers monsters em Seg Jan 09, 2012 9:50 am

Já estamos que com o resultado e ele é:

1º Lugar:MiaDamphyr (Plaquinha de primeiro lugar personalizada, 400 pontos, 4 avatares a sua escolha e o titulo de escritor do mês.)
2º Lugar:Vichan (Plaquinha de segundo lugar personalizada ,300 pontos e 3 avatares a sua escolha.)
3º Lugar:Lys (Plaquinha de terceiro lugar personalizada, 200 pontos e 2 avatares a sua escolha.)

Parabéns a todas.Mas temos um problema pelo qual foi o motivo de termos adiado o resultado.
Dawn que faz as Placas está ausente pois nesse momento tem problemas com o computador.Então vamos pedir a vocês garotas que peçam através de MP os seus prêmios e assim que ela voltar vai entregar a todas.
Os pontos já foram creditados em suas contas.
Obrigada.
avatar
Mothers monsters
Admin

Mensagens : 50
Pontos : 2790
Data de inscrição : 21/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Mothers monsters em Seg Jan 09, 2012 9:53 am

Histórias Vencedoras:
UMA VISITA Por:MiaDamphyr


Lá fora a neve caía e enchia as ruas como um manto de neve, não havia lugar que não tinha um floco a cobrir. A cena esbranquiçada, fazia-me perceber que estava frio, um frio de doer os ossos, mas ali, dentro da minha casa, escutava-se o crepitar do lume da lareira.
Os meus familiares riam e conversavam alto na sala de jantar, com uma longa mesa cheia de comida e bebida. As crianças corriam, gritavam e choravam. Na sala onde eu estava, a árvore de natal era gigantesca, com uma montanha de presentes em embrulhos coloridos.
Todos os anos era a mesma coisa!
Continuei com os olhos fixos para a rua deserta, todos estavam nas suas casas a deliciarem-se com a ceia de natal. Eu não me importava muito com o facto, e parecia que não era a única!
A sua silhueta formava-se no passeio, olhava para cima como se desejasse que os flocos de neve caíssem directamente para a sua face pálida. Deixou-me logo curiosa, com aquele porte másculo, e um ar meio perdido. Não sei o que me aconteceu, mas desci do sofá aconchegante, e sai de casa porta à fora.
― Ei! ― chamei e ele virou-se com o sobrolho unido.
Senti o ar frio bater-me na face, mas dentro de mim, algo aqueceu.
― Sim? ― ergueu a sobrancelha escura e grossa.
― O que fazes aqui fora com esta neve?
Vi o lábio superior mover-se numa espécie de curva sensual. Sim, era um sorriso mal fabricado.
― Essa pergunta também aplica-se a ti. ― retorquiu, tamanha voz grossa e sensual. Ele era muito mais alto que eu, com a pele como cal, um gorro preto que não deixou de mostrar alguns fios do seu cabelo liso e escuro, e uns grandes olhos azuis que pareciam penetrar a alma.
― É natal, estou em frente a minha casa e tu?
Encolheu os ombros e olhou novamente para cima como se procurasse algo.
― Bem, qualquer lugar é uma casa. ― decidiu responder.
― Olha, eu sai apenas porque achei estranho ver-te aqui sozinho no meio da neve, mas..
― Já viste como as pessoas são hipócritas? ― cortou-me.
― Desculpa?
Baixou a vista surreal e olhou para mim com um ar de gozo.
― No natal. As famílias juntam-se, compram presentes, conversam e riem como se realmente se importassem. Mas no fundo apenas fingem compaixão, ou porque é uma regra ou hábito ― estreitou os olhos ― Mas durante o resto do ano, vivem a inventar desculpas para não fazerem uma simples visita.
― Querem apenas seguir a sociedade..?
― Exacto! ― o seu tom foi alto e empolgado ― O natal é uma fraude.
Desta vez fui eu que me ri por tal atrevimento.
― Talvez. Mas pelo menos consegue unir as pessoas.
― Sim, pelo menos isso. ― concordou ― Tens frio, deverias entrar.
― E tu? ― estava curiosa, o cheiro dele tinha impregnado em mim. Sentia borboletas no estômago, como se o conhecesse, de uma outra vida.
― Não tenho casa ― piscou-me o olho ― Qualquer lugar é uma casa, repito.
Misterioso.
― JANE!! ― o grito da minha mãe era sempre ensurdecedor.
― Tenho mesmo que entrar. ― sorri tristemente.
Ele inclinou-se sobre mim até encostar o seu lindo nariz junto do meu. Arrepie-me, por um instante pensei que aquele estranho fosse me beijar, e tinha gostado da ideia.
― O que pediste para o natal?
O seu hálito era fresco, a ponta do nariz estava gelada.
― Um computador novo, o meu está aos pedaços.
Ele sorriu e afastou-se devagar.
― Adeus Jane. ― virou os olhos e voltou a olhar para o céu.
Acenei, mas ele estava concentrado com a fina neve que caía por todos lados. Voltei a andar pelo caminho encalçado de pedras, e ladeado por um jardim todo branco. Dei-me conta que não sabia o nome dele.
― Olha não me disses... ― calei-me ao virar.
Não estava ali ninguém. Ninguém.
Fiquei estática a olhar, e humedeci os lábios secos. Estava a ficar maluca?
― Jane anda ver. ― o meu irmão surgiu na porta ― O pai comprou-te um computador novo!
Os meus lábios curvaram-se automaticamente depois de perceber o que acabava de acontecer. Bem, só me restava ter um feliz natal!
avatar
Mothers monsters
Admin

Mensagens : 50
Pontos : 2790
Data de inscrição : 21/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Mothers monsters em Seg Jan 09, 2012 9:57 am

Por:Vichan

Sentada de frente para a janela fechada, fiquei apenas observando os flocos de neve caírem, nem muito depressa e nem muito devagar. No ritmo certo. Estava tudo diferente e o que eu mais queria era que as coisas voltassem a ser como antes. Como no Natal do ano passado por exemplo. Recordo-me muito bem deste Natal, acho que foi o melhor da minha vida. Acho que nenhum outro Natal pode superar aquele.

Era por volta das quatro da tarde. Mamãe tinha saído para buscar a torta na confeitaria. Papai estava preso no engarrafamento quilométrico da cidade e mesmo saindo uma hora mais cedo do trabalho, mandou uma mensagem para todo mundo dizendo que poderia se atrasar para a ceia.


Noah estava trancado no quarto, com um CD do AC/DC no volume máximo, terminando de arrumar as malas para viajar. Fui até a porta de seu quarto e bati várias vezes ordenando, pela quinta vez, que ele abaixa-se a porcaria do som ou pelo menos usasse fones de ouvido. E pela quinta vez, fui ignorada. Somente quando dei um chute forte na porta ele abriu a porta.


- Qual o seu problema, ameba? – ele perguntou irritado. Pela fresta da porta dava para ver que seu quarto estava, literalmente, virado de cabeça para baixo.

- Pode, por Cristo, abaixar o volume?


- A resposta está na ponta da língua. Não. – ele simplesmente bateu a porta na minha cara me fazendo bufar alto. Odiava quando ele fazia isso.


A campainha tocou, muito provavelmente mamãe tinha esquecido levar a chave. Fui até a porta e abri rapidamente. Felizmente, não era a mamãe. Logan estava parado em frente da porta. Estava nevando muito e isso explicava porque ele estava ainda mais pálido que o normal. Dei passagem para que ele entrasse e fechei a porta, tanto para impedir que o fio entrasse como que o calor do aquecedor escapasse. Bastou fazê-lo para Logan me puxar pela cinturar e me beijar, como tinha o costume de fazer. Coloquei as mãos sobre suas bochechas e pude senti-lo sorrir entre o beijo, que era eufórico.


Quando nos separamos, ele estava com o costumeiro sorriso de canto enquanto me mostrava algo que, até agora, estava escondido atrás das costas.


- Feliz Natal, branca de neve. – ele disse alegremente me entregando uma caixa retangular perfeitamente embrulhada.


- Porque todo mundo implica com a minha palidez? E você, já se olhou no espelho? Parece uma folha de papel. – respondi. Não estava com raiva e meu comentário fez com que ele risse.


Abri a caixa com rapidez e assim que constatei o que havia dentro, não pude deixar de abraça-lo com força enquanto agradecia. Era o vestido mais bonito que eu já tinha visto. Tinha as mangas meio bufantes e era de um tecido confortável, com listras horizontais, cinzas e verdes.
Corri para meu quarto para experimentar. E ficava perfeito em mim. Logan entrou no quarto e me abraçou por trás, mesmo que eu estivesse vendo-o pelo espelho, não pude deixar de tomar um susto. Agradeci mais uma vez, enquanto perguntava se não havia sido muito caro. Ele apenas riu do meu comentário, voltando a me beijar.


Ficamos assim algum tempo, que eu até comecei a ignorar o barulho que vinha do quarto do meu irmão mais velho, bem ao lado do meu. Infelizmente, não era bem que eu estava ignorando. Noah simplesmente estava trocando o CD. E quando eu menos esperava, estava tocando Material Girl da Madonna a toda altura.


Muito a contragosto, separei-me de Logan e pedi um instante para “matar meu irmão”. Aquilo só podia ser uma indireta bem direta. Fui até a porta dele e comecei a chutar a porta com força até ele abrir.


- Se quer colocar a porta no chão, mas fácil usar um trator. – Ele disse assim que abriu a porta.


- Que está insinuando com essa música?


- Nada. – ele respondeu com um sorriso maroto de quem está aprontando alguma coisa.


- Eu não sou uma pessoa interesseira então, por favor, tire essa música. – Ele apenas meneou a cabeça como quem entendeu o recado e fechou a porta do quarto, em seguida retirando a música. Eu estava prestes a voltar para o quarto o ouvi colocar a música You Give Love a Bad Name do Bon Jovi. Eu já ia voltar lá mais uma vez quando mamãe entrou em casa.


- Mãe, peço permissão para matar o Noah. – falei aos gritos, já não aguentando mais a implicância do mais velho.


- Nada disso, precisamos dele para as fotos de Natal que vamos mandar para o Vovô.


- Mas ele passou o dia ouvindo música nas alturas. – reclamei, enquanto a seguia em direção à cozinha.


Ela simplesmente deixou a torta em cima da mesa e voltou para a sala, seguindo em direção ao quarto do Noah. Bastaram duas batidinhas na porta e o volume foi abaixado de maneira considerável. Bufei diante da submissão dele diante de nossa mãe e voltei pisando duro para o quarto.
Logan foi responsável por me acalmar para não aparecer nas fotos vermelha de raiva. Às vezes, me pergunto por que meu irmão é tão idiota! Ele é só um ano mais velho, mas nunca perde uma oportunidade de me irritar. Estou dando graças a Deus que ele esteja indo embora para morar com o Vovô para fazer faculdade no exterior.


Quando eu e Logan descemos meu pai havia acabado de chegar em casa, não demorando até ele tomar banho e colocar aquele suéter de Papai Noel. Começamos a comer o peru que minha mãe havia feito e logo em seguida recebemos uma bronca da Tia Helen, irmã do papai, que pretende nunca se casar, pois como ela está sempre meia hora atrasada e não a esperamos para comer.


Entre conversas e comentários, eu e Noah ficamos trocando farpas um com o outro, só parando quando mamãe nos olhou com uma expressão séria e disse nossos nomes completos em alto e bom tom. O silêncio constrangedor durou não mais que um minuto e logo Tia Helen começou a me fazer uma porção de perguntas.


Quando todos terminaram de comer, papai começou com a seção de fotos e a que ele mais gostou assim que terminamos, foi uma em que eu e Noah estávamos um puxando o cabelo do outro. De acordo com papai: mostra duas feras em seu habitat natural travando uma luta territorial para delimitar quem é que manda. Ninguém se segurou ao rir do comentário.


Quando já era onze horas da noite, Noah se trancou no quarto para jogar vídeo game, papai estava colocando Tia Helen, absolutamente bêbada, na cama de hospedes enquanto mamãe lavava a louça. Depois de insistir muito, ela deixou que eu desse uma volta pelo parque com Logan, desde que eu não demorasse muito.


Apenas para finalizar o Natal perfeito, vimos uma linda queima de fogos da praça, enquanto recebi uma mensagem pelo celular de Noah: Feliz Natal pra você, ameba!


De fato, aquele tinha sido o melhor Natal de todos. Agora, exatamente um ano depois, eu estava aqui, sentada na janela, assistindo os flocos de neve caírem. Nem muito depressa, nem muito devagar. No ritmo certo.


Logan se sentou ao meu lado da janela, passando os braços pela minha cintura. Apenas deitei a cabeça em seu ombro. Ficar perto dele me fazia esquecer a saudade que tinha de meu irmão. Brigávamos até não poder mais, mas eu sabia que, quando precisasse poderia contar com meu irmão mais velho para tudo.


Agora, eu não vejo a um ano. Desde que ele viajou, esteve muito ocupado com a faculdade e não pôde voltar pra casa. Dificilmente mandava e-mails, até porque vovô não permitia computadores em casa. E é provável que esse ano ele não venha para o Natal, afinal, ele tem os amigos dele lá agora.


- Cassidy. – Minha mãe apareceu na sala. Eu e Logan olhamos para ela. – Eu já vou servir o jantar. E como reza a tradição da família, tia Helen está atrasada. Então, não demore.


Minha mãe também tinha o dom de melhorar meu humor, mesmo que um pouco. Ainda assim, eu não tinha vontade de ir para a mesa. Quer dizer, eu iria ficar a noite encarando aquele espaço vazio. Não o da tia Helen, logo ela apareceria. Mas sim o de Noah. Mas eu sabia que tinha que ir. Logan se levantou primeiro, me ajudando a fazê-lo logo em seguida. Depositou um beijo em minha testa e segurou minha mão, enquanto fomos silenciosamente para a Sala de Jantar.


E eu não conseguia sair do corredor. Por além de dos meus pais, estavam sentados na mesa Noah e o vovô. Quando me viu, ele simplesmente abriu um largo. E ele disse a coisa mais carinhosa que um irmão poderia dizer para sua irmã mais nova que não vê há exatamente um ano.


- Está atrasada, ameba! Parece até a Tia Helen.


- Estão falando de mim? – Nesta hora, todos olharam para Tia Helen, parada bem atrás de mim. Estávamos tão felizes que a garrafa de vodca pela metade em sua mão era irrelevante. – Não quero reclamações, eu não estou tão atrasada este ano.


Entre conversas e comentários, eu e Noah ficamos trocando farpas um com o outro, como de costume, só parando quando mamãe nos olhou com uma expressão séria, desta vez sem precisar dizer nossos nomes completos.


Quando o jantar terminou, papai, que continuava usando o mesmo suéter de Papai Noel, pediu para batermos fotos “somente por tradição”. E como diz a tradição da família, tinha uma foto minha puxando o cabelo do mais velho enquanto ele puxava o meu.


Estava tudo como antes e eu, não poderia estar mias feliz. Quando já era quase meia noite, eu e Noah fomos para a sacada que tinha na nossa casa assistir os fogos. Ele puxou meu ombro para me dar um abraço, enquanto eu passei a mão por sua cintura.


Não imaginei que ficar longe do meu irmão poderia me fazer tanta falta. Eu realmente estava com muita saudade dele. Mas esse é o espírito natalino. O Natal une as pessoas. Faz-nos pensar nas pessoas que nós amamos. Nas pessoas que se foram e nas que ainda estão por aparecer em nossa vida.


Meus pais não iam viver para sempre, mas para sempre seriam meus pais. Talvez Logan não fosse meu namorado para sempre, mas sempre seria meu primeiro namorado. Tia Helen não vai se casar nunca, por isso sempre vai ser minha querida tia solteirona. Noah ia ser sempre meu irmão.


Eu tinha pais engraçados, um namorado quase perfeito e um irmão altamente idiota. Que mais eu posso querer? Estava satisfeita com eles. Isso até Noah se trancar no quarto e colocar um CD do Green Day a todo volume, na música Wake Me Up When September Ends. E mais uma vez fui até minha mãe para pedir permissão para matar o Noah.


Acho que esse Natal, no final das contas, conseguiu superar o último.
avatar
Mothers monsters
Admin

Mensagens : 50
Pontos : 2790
Data de inscrição : 21/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Mothers monsters em Seg Jan 09, 2012 9:57 am

Natal Passado Por:Lys

- Menina! Você vai descer ou não? – gritou minha mãe, antes mesmo que eu pudesse ir pro quarto. Sério, qual era a da minha coroa? Girei os olhos, enquanto abraçava a mi mesma, e não respondi. Ela não pretendia que eu descesse, principalmente com ele estando lá. Senti meus braços retesarem, enquanto escutava ele conversando com a minha mãe lá embaixo. Meus lábios tremeram, então, girei os olhos novamente, me direcionando até a varanda, deixando de lado a idéia de ir dormir.
No último Natal, eu te dei meu coração,
Mas no dia seguinte,
Você jogou fora, (Você jogou fora)
Este ano, para me salvar das lágrimas,
Eu o darei para alguém especial, (especial)
As lembranças começaram a voltar pra minha mente, me fazendo lembrar do porquê eu amava aquela época do ano. O Natal deveria ser a época em que toda família ficava unida, e era por isso mesmo que eu estava pra baixo. Desde que nossos pais haviam começado a trabalhar juntos, as nossas famílias meio que viraram um grude, e ele vivia na minha casa, e aquilo me magoava cada vez mais. Me lembrei de quando acreditava no papai Noel, e eu pedia a casa da Polly, a casa da Barbie, quando havia entrado pra o WMH, eu havia pedido pra ser bonita e normal, assim como as outras garotas. E no anterior, 2010, eu havia pedido uma coisa, e depois do que havia acontecido naquele ano, eu havia me desapontado, e percebido que esse pedido jamais iria se realizar.
Uma vez magoado, terei mais cuidado no futuro,
Eu fico longe, mas você ainda chama a minha atenção,
Diga-me, baby, você me reconhece?
Bem, já passou um ano, isso não me surpreende.
Era tão interessante, que mesmo depois de tudo, eu continuava amando-o. Esse amor mudava, aumentava, diminuía, mas nunca acabava. Aquilo era totalmente impressionante. Talvez pelo fato de que eu tendo 17 anos, jamais havia me apaixonado por ninguém, dentre esses dezessete anos, e ele conseguiu quebrar todas as regras que eu havia posto na minha mente, e quebrar a barreira entre eu e o amor. Mas ele havia magoado-a, no fim das contas, e isso ela não conseguiria perdoar. Foi quando escutou o barulho de alguém com tênis Nike se aproximando, atrás dela.
Feliz Natal,
Eu embrulhei e enviei,
Com um bilhete escrito "Eu te amo",
E eu realmente amava,
Agora sei o quanto eu fui tolo,
Mas se você me beijasse agora,
Eu sei que você me enganaria de novo.
Uma lágrima de raiva e mágoa caiu do meu olho, e eu a limpei rapidamente. Nem precisei olhar pra trás, pra ver quem era, pois essa pessoa já havia se postado ao meu lado, e aparecendo ou não, eu sabia quem era. Reconhecia pelo cheiro.
- O que você quer? – perguntei, fria. Era nisso que ele havia me transformado, e era isso que ele teria.
- Não precisa ser fria comigo – falou ele. – É Natal, Charlie. Época de perdoar.
- Pra tudo existe uma exceção – falei, fria, estralando meus dedos. – E você sabe muito bem que o que você fez não merece perdão.
- Por que diz isso? – perguntou ele, erguendo uma sobrancelha, daquele jeito que eu amava. Bastardo.
No último Natal, eu te dei meu coração,
Mas no dia seguinte,
Você jogou fora, (Você jogou fora)
Este ano, para me salvar das lágrimas,
Eu o darei para alguém especial, (especial)
- Eu não posso mais fingir, Chord – falei, enxugando as lágrimas que caíram. – Eu venho fingindo que não ligo pro que aconteceu, ou que você tentar construir uma amizade comigo do nada é uma coisa totalmente normal. Mas se você considerar que sempre me tratou mal, e etc, vai entender o que eu realmente senti quando você se sentou naquele banco, e começou a falar comigo.
- Olha, eu já te falei que sinto muito – falou Chord, parecendo atordoado. – E eu achei que você consideraria. Olha, é natal. Tá vendo, papai Noel, presentes, família unida. Não é assim que deve ser? Sem brigas, sem discussões, só amor?
Um lugar lotado, amigos com olhos cansados,
Eu estou me escondendo de você e da sua alma gelada,
Meu Deus, eu pensei que você fosse,
Uma pessoa confiável, Eu? Acho que eu era um ombro para chorar.
- Você não sabe o que isso significa. Nunca amou ninguém. – sei que estava sendo grosseira, mas eu estava com raiva. Não podia fazer nada. Me preparei pra sair daquele lugar, pois sentia que se continuasse ali, eu desabaria, mas ele segurou meu braço. – O que foi, panaca?
- Aonde você vai?
- Sério que você se importa?
- Aonde você vai? – ele repetiu, endurecendo o rosto.
Um rosto num amante com um fogo no coração
Um garoto escondido, mas você me faz sofrer
Oooh, Ooh, Agora que eu encontrei um amor verdadeiro,
Você nunca me enganará de novo.
- Atrás das minhas amigas, que estão em algum lugar na praça, ou na rua. Aí eu deixo vocês terem um natal feliz – falei, secando a última lágrima que havia caído.
- Você não pode ir – ele se desesperou.
- E por que não?
- Porque não é Natal sem você.
No último Natal, eu te dei meu coração, Mas no dia seguinte, Você jogou fora
(Você jogou fora) Este ano, para me salvar das lágrimas,
Eu o darei para alguém especial, (especial)
Aquilo me desarmou. E antes que eu pudesse esperar, ele tinha pegado alguma coisa do bolso, e segurava um colar, com a letra ‘C’. Meu coração se apertou, e as lágrimas voltaram, e então umedeci os lábios.
- É meu presente de Natal. Pra você. – ele me beijou levemente na bochecha, e colocou o colar no meu pescoço. Dei um sorriso, enquanto uma lágrima caía, e ele a enxugou, rapidamente.
Um rosto num amante com um fogo no coração,
Um garoto escondido, mas você me faz sofrer.
Talvez ano que vem.
Eu o darei para alguém, Eu o darei para alguém especial
Ele me deu um belo sorriso, e estendeu a mão, como se me convidasse pra se juntar aos outros, na ceia. Peguei na mão dele, e voltamos pra sala. Talvez papai noel não houvesse realizado meu pedido, que era Chord se apaixonar por mim. Mas me deu ele como um presente carinhoso, pelo menos por aquele Natal.
avatar
Mothers monsters
Admin

Mensagens : 50
Pontos : 2790
Data de inscrição : 21/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por JuhSalvatore em Seg Jan 09, 2012 10:17 am

Parabéns, Mia e Vichan!
suas fics estão mto boas mesmo, amei!
perfeitas.

e PARABÉNS, MINHA GÊMEA LINDA! VOCÊ MERECE!
sério, sua fic tá tão, tão, tão.... tão Lys!
e, sendo assim, tão Juh! kk'
não adianta, uma vez gêmeas, sempre gêmeas, não é?
perfeita, como tudo o que vc escreve.
amucê tia/gêmea
avatar
JuhSalvatore

Mensagens : 2809
Pontos : 7453
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 23
Localização : Aqui com os Winchester

http://twitter.com/HunterOfTheSPN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Eloo em Seg Jan 09, 2012 10:24 am

Parabéns garotas, as ones foram ótimas! Very Happy

_________________
avatar
Eloo
Admin

Mensagens : 2414
Pontos : 7708
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 21
Localização : Nárnia :B

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por miaDamphyr em Seg Jan 09, 2012 11:21 am

Obahhhh, nao acreditoooooooooo!!!! De verdade??? Ganhei??? Ebahhhhh!!! Que felicidade, parabens a Vichan (eu sabia) e Lys, as vossas tao muito boas. Gostei muito, estou ainda apopletica!! Nao pensei mesmo que... Rsrsrsrs'. Obrigada a todas Smile volto daqui a nada, ainda estou euforica.
avatar
miaDamphyr

Mensagens : 67
Pontos : 3156
Data de inscrição : 18/12/2011
Idade : 29
Localização : Mercúrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Nanda em Seg Jan 09, 2012 12:57 pm

Parabéns Maninha Mia*o*
Parabéns Vichan
E parabéns Pequena Lys \o/

_________________
Mutante e Orgulhoso...
avatar
Nanda
Admin

Mensagens : 1014
Pontos : 7092
Data de inscrição : 13/07/2011
Idade : 21
Localização : S.H.I.E.L.D

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Vichan em Seg Jan 09, 2012 8:58 pm

Ainda não acredito que ganhei, sério mesmo. Tipo, porque geralmente fazem contos de romance no natal e eu fui inventar de criar uma história mais fraternal.
A história da Mia (que eu também sabia que ia ganhar) tá muito legal, bem misteriosa no fim. Deu ar de mistério, suspense, gostei muito. Parabéns pela tua história Lys, ficou muito fofa.
Gente, ainda não acredito que ganhei, sério mesmo. Achei minha história tão bestinha. Mas enfim, fiquei muuito feliz.
avatar
Vichan

Mensagens : 39
Pontos : 2926
Data de inscrição : 10/12/2011
Idade : 22
Localização : Base da Across

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Lys em Qua Jan 11, 2012 8:32 am

Aiiiii, Vichan e Mia, as de voce~s ficaram incríveis
Adorei!
Não acredito que ganhei tb 0.0
Parabéns, meninas Smile
avatar
Lys

Mensagens : 3484
Pontos : 9141
Data de inscrição : 13/07/2011
Idade : 24
Localização : In Wonderland

https://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por miaDamphyr em Qua Jan 11, 2012 11:00 am

Sei que nao eh aqui que se tiram as duvidas, mas queria saber se os nomes dos idolos das plaquinhas mando para a Eloo' ? Bah*
avatar
miaDamphyr

Mensagens : 67
Pontos : 3156
Data de inscrição : 18/12/2011
Idade : 29
Localização : Mercúrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Nanda em Qua Jan 11, 2012 11:55 am

Manda para a Dawn.
Mas meninas como foi avisado...pode ser que demore para ser entregue já que a Dawn está ausente nesses dias.

_________________
Mutante e Orgulhoso...
avatar
Nanda
Admin

Mensagens : 1014
Pontos : 7092
Data de inscrição : 13/07/2011
Idade : 21
Localização : S.H.I.E.L.D

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Lys em Qua Jan 11, 2012 4:00 pm

Eu não sei se vou pedir os avatares, acho que vou deixar passar, já pedi pra Dawn me fazer um monte de avatar, e acho que vou deixar pra próxima Razz
avatar
Lys

Mensagens : 3484
Pontos : 9141
Data de inscrição : 13/07/2011
Idade : 24
Localização : In Wonderland

https://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por miaDamphyr em Qui Jan 12, 2012 5:38 am

Obrigada mana Nanda, (: vou mandar pa mae sim, ja vi que ela esta ausente mas mando na mesma, nao tenho muita pressa! Obrigada.
E ai Lys ta cheinha de avatar lool. Bjo
avatar
miaDamphyr

Mensagens : 67
Pontos : 3156
Data de inscrição : 18/12/2011
Idade : 29
Localização : Mercúrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Dawn em Dom Fev 19, 2012 6:40 am

Desculpem a demora Embarassed
Aqui estão as plaquinhas:

Mia:


Vichan:

Código:
http://i42.tinypic.com/2gwueth.png

Lys:

Código:
http://i41.tinypic.com/29le783.png


Última edição por Dawn em Qua Fev 22, 2012 9:05 am, editado 1 vez(es)

_________________

Regras e Informações & Tutoriais e Dicas

"And if I claim to be a wise man, well, it surely means that I don't know"
avatar
Dawn
Admin

Mensagens : 1897
Pontos : 7451
Data de inscrição : 11/07/2011
Localização : Mystic falls U.U

http://salvatoreh.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por miaDamphyr em Qua Fev 22, 2012 8:50 am

Algo está errado com a minha plaquinha rsrsrsr' Não sei o que é.... aqui deu error...
avatar
miaDamphyr

Mensagens : 67
Pontos : 3156
Data de inscrição : 18/12/2011
Idade : 29
Localização : Mercúrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Dawn em Qua Fev 22, 2012 9:03 am

É... aqui ta dando tbm.. q estranho, tava certo antes scratch
vou hospedar e postar de novo Very Happy

_________________

Regras e Informações & Tutoriais e Dicas

"And if I claim to be a wise man, well, it surely means that I don't know"
avatar
Dawn
Admin

Mensagens : 1897
Pontos : 7451
Data de inscrição : 11/07/2011
Localização : Mystic falls U.U

http://salvatoreh.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Dawn em Qua Fev 22, 2012 9:04 am

Aqui esta:

Código:
http://i41.tinypic.com/xofh9g.png

_________________

Regras e Informações & Tutoriais e Dicas

"And if I claim to be a wise man, well, it surely means that I don't know"
avatar
Dawn
Admin

Mensagens : 1897
Pontos : 7451
Data de inscrição : 11/07/2011
Localização : Mystic falls U.U

http://salvatoreh.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por miaDamphyr em Qui Fev 23, 2012 7:09 am

Obrigada mãe, rsrrsrssrs' beijos grandes e com sabor a chocolate.
avatar
miaDamphyr

Mensagens : 67
Pontos : 3156
Data de inscrição : 18/12/2011
Idade : 29
Localização : Mercúrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Especial: Concurso de Natal!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum