Fanfics
Seja bem vindo(a) ao Fórum Fanfiction.
Aqui você pode ler, escrever, comentar, jogar, fazer amigos e muito mais!
Então... o que está esperando? Se cadastre e comece a diversão! Very Happy

Amor Proibido

Ir em baixo

Amor Proibido Empty Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Qua Out 19, 2011 11:19 am

Sinopse: Bella Swan sempre viveu à procura de um amor verdadeiro. Quem fosse dar à ela felicidade e tudo o que ela sempre quis. Quando ela encontra alguém que a entenda, surgem vários imprevistos, que a fazem considerar a opção de viver um Amor Proibido.

Se ao menos 5 pessoas comentarem / pedirem, eu posto o primeiro capítulo logo logo. ;*

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Qua Out 19, 2011 12:08 pm

Esqueçam os 5 comentários. Lá vai o primeiro capitulo, haha.

Capítulo 1 - Príncipe Encantado?


A única coisa que me lembro da noite em que eu conheci ELE, foi que só quando a música começou a tocar, que eu percebi que estava em uma festa. O povo de Forks não é muito conhecido pela sua animação, e eu já estava acostumada com isso. Olhei para o lado, e o barman estava me encarando. Fui até lá, consegui alguns copos de tequila de graça e o número dele. Tá, de mais-se, eu não precisaria disso mesmo.
Alguns minutos depois, percebi o efeito da tequila. Minha mente estava distante, confusa, e eu estava cambaleando. Estava só imaginando o que Charlie iria fazer quando eu chegasse em casa, e torcendo para que ele tivesse dormido durante algum jogo de beisebol.
Você está em uma festa, me lembrei.  Fui dançar, e eu, particularmente, mandava muito bem! Me enfiei no meio da multidão de bêbados perdidos, que eu, no momento, estava me incluindo. Comecei a dançar com todo o meu charme, quando um homem forte, grandalhão e lindo chegou perto de mim. Seduzente e quente, ele falou:
- Posso saber o que uma mulher tão linda está fazendo sozinha aqui? Qual o seu nome?
- Isabella. Mas pode me chamar de Bella. Bella Swan. E você?
- Sam. Sam Uley. Eu estava pensando.. Você não quer ir para um lugar mais reservado? Digo, para nós nos conhecermos melhor...
- Claro! Só vou no banheiro, já volto aqui. – eu sabia que eu iria me arrepender. Mas mesmo assim, aceitei o convite. Não tenho nada a perder, e eu precisava achar alguém que me fizesse feliz! Eu estava com esperanças de ser esse tal Sam...
Entrei no banheiro, tranquei a porta com tudo. Estava bêbada, com certeza. Mas uma parte da minha mente ainda funcionava. Uma pequena parte. Olhei no espelho, me arrumei e falei comigo mesma: ‘não seja fácil, Bells.’ E fui ao encontro de Sam. Agora não tinha mais volta.
- E ai gatinha, vamos? – disse ele.
- Vamos!
 
Estávamos quase chegando no carro. Foi quando Sam começou a pegar nos meus seios. Eu não queria isso. Não agora. Não ali. Não com ele.
- Socorro! Socorro! Alguém me ajude! – comecei a gritar, exageradamente, óbvio.
E então, alguém apareceu apareceu. Ele veio correndo e ameaçou bater em Sam, que ficou morrendo de medo e saiu correndo.
- Você está bem? – disse o homem misterioso.
- Agora, sim. Obrigada! E a propósito, sou Bella.
- Sou Emmett. – disse ele com vergonha.
- Ah, que cocozinho! A Jess tá pegando o Mike na minha picape! Porra Jess! – eu gritei, com raiva.
- Eu te levo pra casa! Não deve ser muito longe daqui, é?
- É bem pertinho.. Pode ser. – eu disse, animada. Afinal, ele era super gostoso.
Não lembro de quase nada de dentro do carro de Emmett. Dei uma cochilada, e só acordei quando o carro parou, e ele desceu para me pegar. Ele me acompanhou até a entrada da casa. Quando eu estava quase fechando a porta, ele falou:
- Ei, Bella!
Nesse momento, nesse mínimo segundo, milhões de coisas passaram pela minha cabeça. Então, ele continuou:
- ... adorei conhecer você! O que você acha de saírmos outro dia?
- Com certeza, eu vou adorar.  – e então, eu gravei meu número no celular dele.
- Te ligo amanhã... Boa noite.
- Boa noite, Emmett.
 

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por Jaque em Qua Out 19, 2011 7:53 pm

Bella e Emmett??
Bem nunca imaginei mas pode ser legal.
Eu sou totalmente Team Beward, mas variar as vezes é bom.
Sua primeira leitora fiel =)

_________________
Spoiler:
Amor Proibido 53wqj5Amor Proibido 2aguw6hAmor Proibido 2dgjqleAmor Proibido 15nx386Amor Proibido 21kcz9eAmor Proibido 2zdw0o0Amor Proibido ZtxtjAmor Proibido 2a9uwpxAmor Proibido 34ovm1lAmor Proibido Et5iirAmor Proibido 33fgqe1
Jaque
Jaque

Mensagens : 2025
Pontos : 5755
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 23
Localização : Em algum lugar no mundo =P

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Qua Out 19, 2011 9:55 pm

Jaque escreveu:Bella e Emmett??
Bem nunca imaginei mas pode ser legal.
Eu sou totalmente Team Beward, mas variar as vezes é bom.
Sua primeira leitora fiel =)


Se tu é Beward, tu vai se apaixonar pela fic log logo, rs. Obrigada <3

Postarei o segundo capitulo amanha. :3

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por BN2 em Qui Out 20, 2011 11:17 pm

Gostei bastante!Vai postar regulamente?Bjos.
BN2
BN2

Mensagens : 22
Pontos : 2929
Data de inscrição : 12/10/2011
Idade : 26
Localização : O mundo

http://www.fanfiction.com.br/bn2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Sex Out 21, 2011 7:18 am

Capítulo 2 - Amor verdadeiro?
Comentem o que voces estão achando, espero que vcs gostem *u*


BELLA’S POV
Quando cheguei em casa, fiquei feliz em ver que Meredith – a nova namorada de Charlie – havia cozinhado seu prato favorito:
- Que cheiro de peixe! – gritei, logo quando cheguei.
- Estava te esperando, Bells. Meredith vai passar a noite aqui. – disse Charlie.
- Não quero um irmão, pai. Use aquele velho acessório. – cochichei em seu ouvido de forma irônica. – Tenham uma ótima noite! – gritei enquanto subia as escadas.
Aquela noite foi boa. E ruim. Boa, porque eu sonhei com ELE. Ruim, porque Charlie e Meredith tiveram uma noite...agitada. As velhas tábuas de madeira ficaram estalando com a pressão da cama, e eu fiquei escutando gemidos a noite toda. Foi um saco.
Imaginar seu pai fazendo... sexo só é útil quando você está nervosa demais para pensar em um possível – encontro – que – possa – acabar – nessa – ação. Acredite, experiência própria.
Um sol cintilando através da janela é o melhor modo de se acordar, com certeza.  Eu iria esperar Emmett me ligar. Para onde ele iria me levar? Um restaurante, sua casa.. um motel talvez.
Antes que eu pudesse completer minha –sequência- de pensamentos, o barulho mais esperado me interrompeu.
“The stars lean down to kiss you, and I lie awake I miss you; pour me a heavy dose of atmosphere…”
-Alô? – eu disse,nervosa.
-Ei, Bella! – e aquela era a voz que eu ouvi a noite toda, nos meus sonhos.
-Emmett!
-Eu estava pensando... O que você acha de irmos ao cinema? Está passando ‘Quando em Roma’ e a próxima sessão é daqui 20 minutos. Você fica pronta em 5 minutos? – disse ele, calmamente.
-F-fico! Te vejo daqui a pouco! – falei isso, e desliguei o telefone na cara dele.
Fiquei perdidamente desesperada ao olhar pra baixo e ver que eu ainda estava com a minha camisola de seda; saí correndo e entrei no mínimo banheiro. Escovei meus dentes, arrumei meu cabelo e passei um rímel. Ok, eu estava pronta.
Oops.. A roupa! Eu era terrível no setor –escolher roupa-. Na verdade, eu era horrível em qualquer setor que eu tivesse que decidir alguma coisa. Peguei uma camisa xadrez da Abercrombie, uma calça jeans e um tênis e desci as escadas.
-Paaaaaai! Estou indo no cinema, qualquer coisa me ligue! – gritei.
-Ei, espere. Desde quando você faz sua programação sem me pedir permissão?
-Desde quando você pode transar com a porta aberta, chegar “tarde” em casa e tentar ter um filho? – eu disse, em tom irônico, mas de certa forma, real.
-É... Tem razão. Ando exagerando um pouco, Bells. Desculpa! É só que... Cuidar de uma filha sozinho não é facil, e eu só quero o seu bem. Se divirta, e não beije muito! – ele disse isso, e, como o pai coruja que é, me deu um beijo na testa.
Saí para fora de casa fechando a porta da frente com tudo. Foi aí que eu percebi. Emmett estava em uma Ferrari 360, vermelha, de mais pra droga! Me segurei para não abrir minha boca e começar a babar ali mesmo. Eu sabia que aquele ia ser um dia memorável – e perfeito.
EMMETT’S POV
...e ai, eu iria beijar ela. EI, EMMETT! ACORDA! SAIA DO CARRO, VÁ BUSCÁ-LA! – eu disse à mim mesmo. Eu não sou o tipo de cara extrovertido, animado, que expressa publicamente o que sente. Eu sou mais privado.. Prefiro pensar comigo mesmo;
Sai do carro e fui buscá-la; minha donzela, minha Julieta! Ah, meu  Deus.. Eu estava apaixonado por ela! Será que ela sentia o mesmo por mim?
-Oi, Bella! É melhor nos apressarmos, o filme vai começar!
-Tenho certeza que atraso não é problema com esse seu... carro. Ou melhor... foguete. – ela disse.
A acompanhei até o carro, e de lá fomos até o cinema. No caminho, conversamos sobre assuntos irrelevantes e sem sentido.
Comprei as entradas para o filme.
- Sala 10, bom filme! – falou o “cara do ticket”.
Quando nos sentamos, dentro da sala, eu perguntei:
-Bella, porque você está tão quieta hoje?
-Ah... Eu só estou nervosa, sabe como é? –disse ela.
-E qual seria o motivo, lindinha?
- Você! – disse ela rindo.
-O..O que eu fiz de errado?
-Você não fez nada de errado, bobinho.. Eu estou apaixonada por você!
Ah... Eu não acredito nisso! Depois de 5 longos anos sofridos de pós-ex-namoro com a Leah, eu finalmente encontrei uma pessoa linda, legal, carinhosa... Me apaixonei por ela, e, milagrosamente, ela também se apaixonou por mim.
-Shh... Não fala mais nada! – eu disse, e selei os lábios dela com o meu dedo.
Aquele momento era tão certo, não havia nenhuma dúvida!
E então aconteceu... Parecia que nossos corpos estavam conectados, nossas mentes pensavam igualmente, mesmo sendo apenas um beijo; um beijo, que, vamos falar a verdade, durou um longo tempo, e se repetiu várias vezes durante o filme;
-Bella. – eu disse.
-Hm? – disse ela, desgrudando seus lábios dos meus.
-Você acredita em amor verdadeiro?
 

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por Jaque em Sex Out 21, 2011 10:46 am

To até gostando dos dois juntos, apesar de achar q ta acontecendo tudo muito rapido, tipo se conheceram ontem e ja estão ai se declarando. rs'
Mas to amando..

_________________
Spoiler:
Amor Proibido 53wqj5Amor Proibido 2aguw6hAmor Proibido 2dgjqleAmor Proibido 15nx386Amor Proibido 21kcz9eAmor Proibido 2zdw0o0Amor Proibido ZtxtjAmor Proibido 2a9uwpxAmor Proibido 34ovm1lAmor Proibido Et5iirAmor Proibido 33fgqe1
Jaque
Jaque

Mensagens : 2025
Pontos : 5755
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 23
Localização : Em algum lugar no mundo =P

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Seg Out 24, 2011 12:04 pm

Capítulo 3 - E a história se repete... [Team Beward's vão morrer!!]


BELLA’S POV
Já? Porque essa pergunta? Porque alí? Porque agora? Como não tinha outra alternativa, a não ser correr e me trancar no banheiro..
-Acredito, porque a pergunta, Emm?
-Eu só precisava saber disso antes de continuar.. Você sabe, experiências, ex namoros...
Toda a conversa desde que nos conhecemos deu lugar à beijos calientes e amassos. O beijo dele era tão.. delicado, e ao mesmo tempo... selvagem. Quando começávamos, não dava vontade de parar.. É como se estivéssemos presos dentro um do outro.  Saindo do cinema, ele disse:
-Bella, porque amanhã você não vai conhecer minha família?
E parecia que ele queria algo mais sério. Sua família? Porque ele queria andar um passo tão longo? Será que seria uma boa idéia? Atrapalhada do jeito que eu sou, isso iria arruinar tudo. Mas pior seria se eu disesse não, então..
-Claro! Será ótimo! Só me deixe longe de qualquer coisa que possa quebrar, por favor.
Ele deu uma sua risada. A risada que me deixava mole. Aqueles dentes brancos, perfeitos. Como quem diz “Me pega. Agora. Sou todo seu.” – isso me consumia. Porque eu o desejava, eu o queria.  Estava tão imersa em meus profundos pensamentos, que quando olhei para a frente, estávamos em frente à minha casa.
-Até amanhã, Bella. Sonhe com os anjos. – ele disse, antes de me dar um beijo comprido, ardente e perfeito.
Sim Emmett, sonharei com você...
-Boa noite.
Saí da Ferrari e caminhei pelo pequeno caminho de pedras até que cheguei à minha porta; peguei a chave que Charlie escondia debaixo do tapete. Homens... Cheios de manias.
Abri a porta silenciosamente e coloquei a chave no lugar. Olhei para os lados, Charlie devia estar lá em cima... Meredith também não o visitou hoje, já que um pacote de Macarrão Instantâneo estava aberto sobre a mesa da cozinha. Cozinhar nunca foi o dom de Charlie. Ele sempre foi melhor em sentar, mandar e comer.
Enfim, subi silenciosamente as escadas. Charlie estava no décimo quinto sono. Ótimo. Fui tomar um banho e parti direto para a cama –para sonhar com o meu anjo-.
-
Diferente do dia anterior, hoje o céu estava coberto por um lençol de neblina. E pior ainda. Estava chovendo. Ou seja, Bella + neblina = fodeu. Bella + neblina + chuva = fodeu a porra toda!
Coloquei  o vestido que Mamãe comprou para a formatura do meu meio irmão – filho de Phil – Seth. Era lindo. Um tomara que caia, xadrez.
(http://1.bp.blogspot.com/_XDIbAo-pKYs/TNhl--WMJyI/AAAAAAAAAAs/3-7gEerAgL8/s1600/10T03TBLK_large.jpg)
Emmett me ligou e pediu-me para descer. Charlie foi pescar com Billy, então a casa era toda minha. Fechei a porta tranquilamente, mas o inferno começou assim que saí de casa. Em menos de um segundo, eu consegui  cair nas escadas e escorregar em 3 poças de água que me levavam até o carro de Emmett.
-Não seria muito bom eu sair de casa hoje. – eu disse, logo quando entrei correndo no carro e fechei a porta.
-Ei, Bells – disse Emmett, e logo após me deu um beijo. – Você está linda. Maravilhosa.
-Obrigada, Emm. Você está.... –eu não conseguia encontrar palavras para descrevê-lo... ele estava tão...- ..tão você.
A casa dos Cullen  era, literalmente, na chata que pariu. De 5 em 5 minutos, eu acordava e perguntava 'tá chegando?’ – eu amava fazer manha. Sempre fui mimada. Mas agora quem sabe eu possa... Ah, que sono...
-
-Bella, acorde! Chegamos! – disse Emmett.
A casa era imensa. Era quadrada, tinha várias janelas.. A porta de entrada era grande e linda.
-E lá vamos nós... – eu disse, quando, na verdade, meu corpo estava latejando, tremendo e borbulhando de medo, aflição e vergonha.
Quando estávamos chegando na porta, ela de repente se abriu:
-Emmett! E essa deve ser.. Bella! Oi! – gritou animadamente uma garota. Ela era pequenina, com cabelos curtos e espetados. Parecia um anjo. Assim como Emmett. Estava apenas imaginando como seria o resto dos anjos... Ops, da família.
-Bella, essa é Alice. Não a estranhe, ela é assim com todo mundo. Todos os dias. – disse Emmett. – Vamos entrar.
A casa por dentro era de mais demais. Era cheia de objetos de decoração, daqueles que vemos em filmes e revistas. Quando entrei na sala de jantar, eles estávam lá. Demorei um pouco para raciocinar. Eram.... 1, 2, 3, 4. Com o Emmett e a Alice, 6. Eram em 6 modelos. 2 mulheres e 4 homens.  Antes que eu pudesse me mover, ou ao menos cumprimentá-los, Emmett falou:
-Apresentando... Bella, esse é meu pai, Carlisle. – o homem era louro, se vestia perfeitamente bem e era lindo. – Ele é médico;  essa é a Esme, minha mãe –seus olhos eram marrons, e combinavam com o seu cabelo; ela também é linda, para variar – Jasper, o mais velho. – ele não tinha muita expressão, parecia incomodado; os cabelos louros-acastanhados o deixavam sério. – E, este é o... Ué, cade o Edward?
Se não fosse aquele segundo, minha vida inteira continuaria normal.
-Ei, desculpa! Eu estava compondo minha nova canção. Uau. Bella? – disse um homem que surgiu na porta; ele era perfeito. Seus cabelos dourados eram bagunçados, mas lindos. Seu corpo era definido. Seu rosto era angelical. Ele era simplismente a pessoa mais linda que eu já havia visto em toda a minha vida. Seu nome é Edward.
-E este... É o chato do Edward! Ele vive compondo músicas, é um idiota. – gritou Emmett.
-Emmett. Silêncio. Todos sabemos que você inveja ele. – disse Carlisle. Todos riram.
-Sou Bella. É um prazer conhecer todos vocês!
Me sentei com eles junto à mesa. A refeição era de dar água na boca: macarronada e picanha. Hmm..
-Então, Bella, como vai Charlie? – perguntou gentilmente Carlisle.
-Vai bem! Na verdade, ele está pescando nesse momento.
Todos na mesa estavam comentando sobre um jogo de futebol americano do Seattle Seahawks, hoje à noite. Será que eles me incluiam nesse programação? Eu realmente espero que não. Eu odeio com TODAS as minhas forças qualquer tipo de esporte. Será que eu deveria falar que eu não iria? Ou era melhor inventar um.. compromisso.. com a Jess.. ou... Ah.  Sorte minha que eu consegui ouvir a parte da conversa que me interessava.
-Nem fodendo! Eu não vou nesse jogo.  Vai estar chovendo, e nós vamos perder. Aliás, não estou com humor para sair de casa hoje. – disse Edward.
-Ok. Você ficará em casa então. Alguém quer fazer companhia à Edward? – disse Carlisle.
Era agora. Ou nunca.
-Emm, você faz muita questão que eu vá? Eu posso ficar aqui, te esperando.  – eu disse, me atropelando nas palavras. Que vergonha!
-Bells, você faz o que você quiser. Mas fique aqui com Edward. Quando eu chegar, a gente fica juntinhos. Pode ser? - disse–Emmett.
-Claro! – eu disse. Eu odiava quando não me davam chance de escolher.
Depois da sobremesa, uma torta de limão, todos os Cullen – exceto Edward, pediram licença, se despediram - Emmett me deu vários beijos longos - e partiram para o jogo.
Edward e eu nos sentamos no sofá para ver TV. Nós passamos uma hora conversando, sobre a vida, sobre tudo. Ele era super gente boa.
-Então, o que você faz da vida? – disse ele, puxando assunto.
-Hm..‘Cuido’ do meu pai, e... vivo! – dei uma risada baixa – e você?
-Eu componho músicas... E canto!
-Uau.. E será que eu posso ver uma preview disso? – eu disse, ansiosa para ver aquele Deus grego cantando. Já era perfeito em si, imagine só Edward cantando.
Bella. Você está de rolo com o Emmett. Se apaixonar por dois irmãos... Bem coisa de Bella mesmo.
-Você quer mesmo? – disse Edward. –Não te garanto que eu canto bem.
-Óbvio que eu quero! Vá buscar o violão, vai!
Edward subiu as escadas e foi buscar seu violão. Como isso era possível? Como eu posso ter me apaixonado por uma pessoa que eu vi uma cocozinho de vez? Mas também... Quem não se apaixonaria?
-Essa música fala exatamente como eu estou me sentindo agora – disse ele, enquanto sentava no sofá de novo. E começou..
If you're sitting comfortably then let me begin.
I want to tell you a tale about the mess that I'm in.
And it all starts with a girl.
And shes breaking up my whole world.
(Se você está sentado confortavelmente, deixe-me começar
Eu quero contar a você uma história sobre a confusão que eu
estou dentro.
E tudo começa com uma garota
E ela está quebrando meu mundo inteiro)
 
Shes got this big green eyes, and there as wide as the
moon.
They can take you to bed without you leavin' the room.
I would kill just to be her man,
but she's too cool to give a damn.
I'm falling in love for the last time 
 
(Ela tem esses grandes olhos verdes, e não tão grandes quanto a
lua.
Eles podem levá-lo para a cama sem você deixar a sala
Eu mataria apenas para ser seu homem,
Mas ela é muito legal pra dar a mínima
Eu estou me apaixonando pela última vez)
-
Ai. Meu. Deus. Definitivamente, ele era um anjo. Um Deus. A voz dele era tão doce e.. delicada. Ela invadia minha cabeça e meu coração de uma forma que me deixava.. louca! Louca por ele, louca pelo corpo dele. Louca por ter ele só pra mim. Os dedos dele percorriam as cordas do violão, e eu os desejava sobre o meu corpo. A voz dele era ritmada, e eu desejava ouvir ela em forma de sussuros.
Não. Bella. Você não sabe se ele está apaixonado por você. E aliás, você gosta do Emmett. Ele gosta de você. É muito cedo para fazer qualquer besteira.
-E ai, gostou? – ele disse, interrompendo meus pensamentos.
-Se eu gostei? Uau... Uau. U A U! – nós rimos – Você deveria gravar um CD. E eu não estou brincando.
-Essa música me lembra a pessoa mais linda do mundo. E olha que eu só vi ela uma vez. – ele disse.
I-N-D-I-R-E-T-A  F-O-D-A! Ai meu Deus. E agora? O que eu faria? Agora não.. Bella... Foi aí que tudo desabou.
-Você é linda, sabia? – disse Edward. Então, ele me pegou, e nossos rostos ficaram a dois centímetros de distância.
Eu olhei para a boca dele.. Não iria conseguir resistir.. Ele se aproximou...
O barulho dos pneus da Ferrari de Emmett pararam o momento. Edward ficou como uma estátua. Sua boca a um centímetro de distância da minha. Eu parei de imediato também.
 
-Bella! Cheguei! – gritou Emmett, enquanto abria a porta.
 

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por Jessyk em Seg Out 24, 2011 4:14 pm

OMG!!!! Amei amei amei sua fic!
meu deus! o que será que vai acontecer????????
Já to com pena do Emm kkkkkkkkk
ansiosa pelo prox!
bjs ;*
Jessyk
Jessyk

Mensagens : 52
Pontos : 3001
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 24
Localização : RS, Novo Hamburgo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por Jaque em Seg Out 24, 2011 11:06 pm

Momento F-U-D-E-U-T-U-D-O
Por que ele tinha que chegar bem agora??
Aff¬¬
A mais eu to amando.. Emm com inveja do Ed??
Sempre soube disso. kkkkkk
Perfeita...

_________________
Spoiler:
Amor Proibido 53wqj5Amor Proibido 2aguw6hAmor Proibido 2dgjqleAmor Proibido 15nx386Amor Proibido 21kcz9eAmor Proibido 2zdw0o0Amor Proibido ZtxtjAmor Proibido 2a9uwpxAmor Proibido 34ovm1lAmor Proibido Et5iirAmor Proibido 33fgqe1
Jaque
Jaque

Mensagens : 2025
Pontos : 5755
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 23
Localização : Em algum lugar no mundo =P

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Qua Out 26, 2011 7:38 pm

Jessyk escreveu:OMG!!!! Amei amei amei sua fic!
meu deus! o que será que vai acontecer????????
Já to com pena do Emm kkkkkkkkk
ansiosa pelo prox!
bjs ;*

Hm... Tem muito Beward ainda por vir! Hahaha, obrigada <3

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Qua Out 26, 2011 7:40 pm

Jaque escreveu:Momento F-U-D-E-U-T-U-D-O
Por que ele tinha que chegar bem agora??
Aff¬¬
A mais eu to amando.. Emm com inveja do Ed??
Sempre soube disso. kkkkkk
Perfeita...

Emmett veado u_u rs Quem não tem inveja do Ed né! HAUAHUAA, obrigada <3

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Qua Out 26, 2011 7:44 pm

Capítulo 4 - Eu só preciso de você!

~~off~~ gente, eu sei que o beijo foi muito rápido e etc, mas eu queria colocar meu edward na historia logo, e segundo bella e emmett, a quimica deles foi REALMENTE forte. espero que gostem desse capítulo e comentem bastante! beijos <3



EMMETT’S POV
Abri a porta o mais rápido que eu pude. Que saudades que eu estava da dona Isabella! Ops, Bella. No pouco tempo que nós passamos juntos, é como se nos conhecessemos à tempos. Nossa química era muito forte. E tudo aconteceu tão rápido.. Parece tão irreal.. Passei pelo corredor estreito que levava à sala de estar. Fiquei surpreso ao ver a seguinte cena: Edward estava deitado, em uma ponta do sofá, dormindo. Bella estava lendo! Bella. Lendo. Um livro. Eu estava sonhando?
-Hey Emm! Como foi o jogo? – disse Bella, se levantando para me dar um beijo.
-Ué.. O que você estava fazendo que não viu o jogo? – eu perguntei, confuso, já que a TV estava ligada no canal de esportes.
-Eu estava... lendo né amor? E Edward dormiu.. Então não fiz questão de acompanhá-lo. – disse ela.
-Como eu disse hoje de manhã.. Você está linda! Você topa ir jantar no ‘Reyna’? Eu te deixo em casa depois! – eu disse, já que nem sequer havia ficado direito com Bella.
-Claro! Porque não? – disse ela, enquanto me beijava.
Demos as mãos e fomos direto para o carro. Eu sentia que Bella não se sentia confortável na Ferrari. Não sei porque... Mas ela não ligava para dinheiro. Era mais humilde, acreditava mais nos sentimentos. Isso é uma das coisas eu eu amo nela. Eram 19:30. Forks era maravilhosa porque demorava à escurecer, então, iriamos pegar o pôr-do-sol no restaurante.
Estávamos no meio do caminho quando ela resolveu puxar um assunto comigo.
-Emm.. Preciso de ajuda, e eu sei que eu posso confiar em você... Você pode me ajudar?
-Claro, Bella! O que houve? – eu disse. Era para me preocupar? Espero que não!
-Assim.. É que... – ela se enrolava nas palavras, - meu pai andou transando com Meredith.. E , Charlie fala fala fala pra mim ‘Bella, use camisinha..’, mas eu realmente tenho medo de ter um irmão. Não medo do ser, em si. Mas do que ele vai ser. Eu não imagino Charlie cuidando de um bebê, de novo. Se nem fazer sua própria comida ele pode, imagine cuidar do bebê... Mas, ah.. Nem ligue.. Só precisava desabafar, não quero estragar sua noite..
-Bella, seja o que aconteceu, vocês estão juntos nessa. Nada pode separar vocês. Vocês são uma família. E eu estarei do seu lado sempre que você precisar. – eu disse, e dei um beijo nela. Meus pais sempre foram casados, eu nunca passei por isso, então... Não sei o que ela está sentindo...
Eu iria levar Bella em uma restaurante na beira do rio. Era romântico, arrumado e perfeito. Na medida certa. Ela ia amar.. Eu espero. Chegamos, estacionei o carro. Ela não havia visto nada ainda.
-Bella... Surpresa! – eu disse, e logo sai do carro para levá-lá para dentro.
A entrada era iluminada, cheia de cores.. O restaurante estava cheio. Eu havia feito uma reserva, no melhor lugar possível, então não teríamos problemas com isso.
-Reserva no nome de Emmett, por favor. – eu disse. E então, o gerente nos levou até o último andar do restaurante.
A vista era linda... De lá, nós poderiamos ver a ponte de Forks, as montanhas.. O rio... A coisa mais linda do mundo! (http://www.visit2istanbul.com/wp-content/uploads/2011/02/1252693466_turkey01.gif )
-Uau! Eu não.. Acredito, Emm! Você é de mais! Sério, que coisa mais linda.. – disse Bella, enquanto sentávamos, e então, me deu um beijo comprido e romântico.
-Eu só queria me redimir por passar a tarde longe de você! – eu disse. Eu me tornava estranhamente romântico quando estava perto dela. Nunca fui assim.. Sempre fui daqueles que “pega, faz o que quer e dá o fora.”
-Obrigada, Emm. Por tudo o que você tem feito! Primeiro com o Sam, depois com Charlie..
-Bella.. Eu realmente gosto de você..
-Eu também, Emm.
Nós pedimos uma porção de peixe à milanesa e spaghetti, dois bolinhos de camarão e duas casquinhas de siri. Comemos perfeitamente bem, entre beijos, olhares, risadas, conversas... O ambiente também ajudava.. Comer olhando o sol se pôr junto ao mar, com a mulher perfeita não é para qualquer um.
Terminamos de jantar, demos adeus ao lugar e fomos para o carro. Levei-a para casa antes de ir direto para a minha cama e dormir uma noite perfeita de sono, sonhando com Bella, claro.
Olhei para o lado, e vi a velha casa de madeira.
-Tchau, Bella. – eu disse, e dei um longo e molhado beijo nela. – Boa noite...
-Vejo você amanhã? – ela disse.
-Eu te ligo.
-Boa noite Emm! – ela gritou, já perto da porta de entrada.
Assim, eu ia dormir.. Sonhar com ela. Ela, ia dormir.. E... Sonhar com sabe-Deus-oque.
 
BELLA’S POV
Ai. Meu. Deus. Hoje, pela primeira vez, eu deixei de sonhar com Emmett. Desta vez.. Eu sonhei com Edward Cullen. O que estava acontecendo? Emmett era todo querido, me levava para jantar, me beijava, se declarava.. Mas era só Edward me olhar, que tudo mudava, meu corpo não estava preparado para isso. Ou, pelo menos, não sexualmente preparado.
Quer saber? Por um dia, chega de homens. Vou ligar para Jess agora. Seu número estava na discagem rápida. “M”, de melhor – amiga – e de Mike. Graças a Deus, ela atendeu.
-Jéssica. Eu preciso sair com você, tipo, agora! Código 22, aplicado à dois homens! Socorro! – eu disse, desesperadamente.
-Bella. Calma! COMO VOCÊ CONSEGUIU REALIZAR A PROEZA DE SE APAIXONAR POR DOIS HOMENS? – ela disse, gritando – ou melhor, brigando comigo. Espere até ela saber que os dois são irmãos...-
-Jéss... Se eu te falar por telefone, você vai surtar, totalmente... Me encontre no Emmy Coffee, daqui a 10 minutos. Beijo. – eu desliguei na cara dela e desci.
Minha picape estava parada à alguns dias.. Ultimamente, Emmett têm me levado à todos os lugares –com sua Ferrari de mais-.
Quando entrei lá dentro e liguei-a, ouvi o som que me relaxava. O som do motor da picape. Ahhhh, que saudades bebê!
Dirigi direto para o Emmy Coffee; pelo vidro, dava para ver que Jéss já estava lá. Estacionei e fui correndo. Ela estava sentada em uma mesa para 2. Olhou para mim, e apontou para a cadeira à sua frente;
-Emmett Cullen. E... Edward Cullen. – eu soltei. Ela iria me matar.
-O QUE? COMO ASSIM? DOIS IRMÃOS? ISABELLA, SUA IDIOTA!  COMO VOCÊ PÔDE? ISSO VAI FODER SUA VIDA.. E QUEM VAI TER QUE TE ESCUTAR? EU! chata QUE PARIU! Calma... Me conte tu-do! – ela disse, nervosa.
-Primeiro.. Eu conheci Emmett. Ele foi muito fofo, eu me apaixonei.. Dai, eu fui na casa dele conhecer sua família.. E Edward estava lá. Todos foram no jogo.. Só eu e Edward ficamos na casa.. E ai.. – eu disse.
-Você o beijou? Isabella Marie Swan. Me conte. Agora. – disse ela, me interrompendo; como sempre, agitada e ansiosa.
-Eu vou contar, Jéss. Se você me deixar terminar... E ai, nossos rostos estavam à um centímetro de distância.. A gente ia se beijar! Mas Emmett chegou.. E ai, nós saímos correndo, Edward fingiu que estava dormindo, eu peguei um livro qualquer da mesa e sentei no sofá.
-Como assim?! Não rolou beijo? – ela disse, um tanto decepcionada.
-Não... Mas com o Emmett sim! E vários.. E agora? O que eu faço? – eu disse, desesperada.
“The stars lean down to kiss you, and I lie awake I miss you; pour me a heavy dose of atmosphere…”
Porra! Meu telefone! Quando olhei o nome… Tudo em volta parou.
“Edward Cullen ligando”
-É ele, Jéssica! – eu gritei. Todos no lugar olhavam para mim.
-Alô? – eu disse.
-Ei, Bella. – disse Edward. Aquela voz.. Me acalmava.
-E ai? – eu disse.
-Emmett desconfiou de algo, ou perguntou alguma coisa? – ele disse.
-Graças a Deus.. Não! E, sobre ontem...
-Bella, ontem foi perfeito! Ou.. Quase perfeito. – ele riu – Acho que a história dos Irmãos Salvatore está se repetindo.. – ele comentou.
-Ah – eu ri – Podemos sair outro dia, não é?
-Seria perfeito! Mas.. E Emmett?
-Eu não estou namorando, Edward. Nós só estamos saindo... Bom, resolvemos isso depois.
-Ok. Tenha um bom dia, Bella.
-Você também, Edward. – E então, eu desliguei o telefone.
Ahhhh, que lindo! Ele estava preocupado!
-Jéss, preciso ir... Vou acabar com tudo isso de uma vez. Se é para amar alguém, vai ser um homem só.
-Vai, Bella. Boa sorte! Te amo, melhor amiga!
-Obrigada por tudo, melhor!
Eu saí correndo do Emmy. Minha cabeça estava tão longe, que eu eu quase esqueci que meu carro estava alí. O liguei, e fui muito rápido para casa. Chegando lá, liguei para Emmett.
-Emm, por favor. Venha até a minha casa. Assim que for possível.
Entrei, Charlie estava fazendo um relatório de mais um caso da polícia.
-E ai, pai.
-Bells, que saudades!
-Pai, você me viu ontem...
-24 horas atrás. Não posso estar com saudades do meu bebê?
-Pai, para. Emmett está vindo aqui. Você pode trabalhar lá em cima?
-Claro, bebê. – ele disse, já subindo as escadas.
-Pai.
-Oi? – ele se virou para mim.
-Eu te amo!
-Eu também te amo, Bella. Muito! Ninguém pode mudar isso! – ele disse, emocionado; e terminou de subir as escadas.
Meu celular tremeu. Uma nova mensagem.
DE: Mamãe.
“Bella. Dar sinal de vida de vez em quando é bom, sabia? Estou com saudades! Seth mandou beijos, e falou que semana que vem vai te visitar. Me liga quando der. Eu te amo.
Mamãe.”
Minha mãe sempre foi dura comigo. Mas se não fosse por ela, eu não teria me tornado quem eu sou hoje. Eu devo simplismente tudo à ela e sua maldita preocupação exagerada. Ah, depois eu ligo para ela, Emmett chegou.
Abri a porta, e falei:
-Emm!  Entre! Charlie está lá em cima, assim nós podemos conversar...
-Eu preciso te falar uma coisa. – nós dois dissemos ao mesmo tempo.
-Você primeiro. – juntos, de novo.
-Tá.. Emmett, eu preciso te falar uma coisa... Eu acho que... – eu disse.
-Bella. Eu não acho. Eu tenho certeza. Eu te amo.
 

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Qua Out 26, 2011 7:45 pm

BN2 escreveu:Gostei bastante!Vai postar regulamente?Bjos.

Obrigada <3 vou sim!!! Beijo

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por Jaque em Sex Out 28, 2011 12:11 am

A tadinho..
Eu não gosto muito dele, mas vai levar um fora, e ainda ser trocado pelo irmão??
Mas tambem com um irmão feito o Edward, ele quase pediu por isso.
kkkkk
Posta mais..

_________________
Spoiler:
Amor Proibido 53wqj5Amor Proibido 2aguw6hAmor Proibido 2dgjqleAmor Proibido 15nx386Amor Proibido 21kcz9eAmor Proibido 2zdw0o0Amor Proibido ZtxtjAmor Proibido 2a9uwpxAmor Proibido 34ovm1lAmor Proibido Et5iirAmor Proibido 33fgqe1
Jaque
Jaque

Mensagens : 2025
Pontos : 5755
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 23
Localização : Em algum lugar no mundo =P

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por Jessyk em Sex Out 28, 2011 9:27 am

Ainn tadinho do Emm! Mas será que depois dessa declaraçao a Bellinha vai ter coragem de terminar com ele e ainda por cima sair com o irmao? hmmm
Bom, eu preciso dizer uma coisa.... o Ed é tudo de bom!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! kkk
bjinhus e até o proximooo ;*
Jessyk
Jessyk

Mensagens : 52
Pontos : 3001
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 24
Localização : RS, Novo Hamburgo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por Nanda em Qui Nov 10, 2011 6:54 pm

Olá será que para contribuir com a organização do fórum poderia colocar em que Status se encontra a sua Fanfic na frente ou no *subtitulo do tópico?

Por Exemplo:[Em Andamento]Organização.

Assim ajuda a fazer com que seus leitores possam ficar mais informados em que modo está a Fanfic.Obrigada ^^

*Quanso me refiro a Subtitulo é parte onde se encontra escrito Descrição na criação do tópico

_________________
Mutante e Orgulhoso...
Nanda
Nanda
Admin

Mensagens : 1014
Pontos : 7349
Data de inscrição : 13/07/2011
Idade : 22
Localização : S.H.I.E.L.D

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por tudoportwilight em Sab Nov 26, 2011 11:02 am

CAPÍTULO 5 - DECISÕES, DECISÕES...


BELLA’S POV
E então, ele me deu um beijo. Eu estava tão chocada, que fiquei parada. Não me mexi. Eu estava prestes à dar um pé na bunda, literalmente, dele, e ele vem falar que me ama? O que eu iria fazer? Chegar e dizer “Emmett, você é lindo e perfeito, mas... Eu estou apaixonada pelo seu irmão”? Não. Ai meu Deus.
-Ahn. – eu resmunguei.
-E ai, linda. O que você ia falar? – disse Emmett.
-Então.. – eu suspirei. – Sabe que eu ando muito ocupada? As aulas na faculdade estão prestes à começar... Tá tudo uma bagunça... A gente se vê outra hora. – eu disse, tentando fazer com que ele sumisse logo e todo aquele sentimento de culpa e tristeza acabasse.
-Ok então. Boa noite, Bella. – ele me disse, e olhou para trás para ver se eu estava esperando um beijo ou algo do tipo. Eu o retribui com um sorriso.
Logo que a porta se fechou, eu não aguentei. Me abraçei com o sofá e comecei a chorar. As lágrimas saíam do meu olho simplismente porque elas não cabiam mais lá dentro. Elas eram tantas, que transbordaram, molhando as almofadas.
Eu nunca fui de chorar. Principalmente por garotos. Eu não era o tipo de pessoa que mostrava seus sentimentos. Eu os guardava. Em um baú, dentro de mim. E nem eu sabia aonde a chave estava. Talvez ela estivesse dentro de outro alguém... Mas para achá-la, eu teria de viver um Amor Proibido. Ok. Eu estava disposta.
Peguei meu celular.
Nova mensagem. Para: Edward Cullen.
Amanhã. Tiny Lanches. 12h. Te espero =*
E... Enviar!
Eu precisava resolver isso tudo de uma vez. Eu não podia iludir Emmett. Mas não poderia perder Edward... E se Emm soubesse que... “O outro” era seu irmão, ele ficaria realmente mal. Não conseguia nem pensar em que ele podia fazer.
Celular tremendo. Uma nova mensagem.
De: Edward Cullen.
Desta vez ninguém poderá nos interromper Wink
Ai meu Deus. Era de sangue esse desejo dos Cullen? Eu me sinto vivendo um “Vampire Diaries” na vida real. Já que estou no clima, vou escrever no meu diário. Fui até a cozinha, e peguei o meu diário com a capa azul-bebê. Meu esconderijo era o melhor. Na cozinha. No armário. O único lugar em que Charlie nunca iria. Vamos lá.
10/09/2011.
Edward, Emmett, Edward, Emmett, Edward... O que fazer? Eu realmente preciso de alguém que me entenda tipo, agora. Jéss me apoiou, mas ela não sabe o que faria no meu lugar. É claro; quem transa com o namorado todos os dias não precisa muito pensar em qualquer outra alternativa.
Emmett foi tão... Fofo e lindo comigo. Mas Edward conseguiu me atrair no primeiro segundo que o vi. E o que foi aquela música? “Falling In Love For The Last Time”, segundo ele, revela como ele está se sentindo agora... E o pior. Eu não sei se Edward tem namorada, se ele tá afim de mim... Eu realmente estou perdida. O que fazer?
Eu estou apaixonada pelo Edward, e tá na hora de todos saberem disso. OK. Todos não. Mas ele irá saber sim, e irá saber amanhã. Emmett também. Me deseje sorte.
Se eu não voltar a escrever.. Pai, Mãe, amo vocês.
Xoxo, Bella.
Ufa. Eu me sentia muito melhor descrevendo meus sentimentos para... alguma coisa.
Charlie estava lá em cima, desde que eu o.. expulsei. Já devia estar dormindo, aliás.
Tive vontade de jogar a faca na parede quando ela não quis cortar um pedaço de carne – que eu estava cozinhando para jantar.
Naquele momento, eu quase cai de dor. Parecia que um bebê dinossauro estava comendo meu útero. E ele estava gostando. E ele continuava. E eu ia matar ele. CÓ-LI-CA! TPM. TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL. TENTE NO PRÓXIMO MÊS. RAIVA. E... Isso explicava tudo. Explicava o porque da minha crise emocional, da minha raiva... Ok. Fique calma, Bella.
Terminei de cozinhar a carne e levei-a para o quarto.
Sentei na cama para comê-la enquanto assistia TV. Terminei, e fui tomar banho. Ah, um banho relaxante. Que delícia! Quando sai, não deu tempo de fazer mais nada. Eu capotei como um bebê na minha cama macia e confortável.
-
Acordei com o som da viatura do Charlie saindo da nossa garagem. Olhei no relógio. PERFEITO! 11h. Iria encontrar com Edward na Tiny Lanches.
Corra, Bella, corra!
Fui no banheiro. Escovei meus dentes em um segundo, me arrumei, passei maquiagem e fui para o quarto. Eu e o meu velho problema de sempre: roupa. Desta vez resolvi colocar algo mais ousado. Uma saia de cintura alta florida com uma blusinha tomara-que-caia preta e um sapato de salto alto preto, aberto na frente.
(http://static2.muitochique.com/wp-content/uploads/2011/04/Saias-de-Cintura-Alta-com-Babados-2.jpg)
11:45.
Nova mensagem.
De: Edward Cullen.
Estou indo. Não me dê um bolo. Beijos Wink
Sim. Eu iria te dar um bolo, Edward.
Desci as escadas com cuidado. Do jeito que eu só, era bem capaz de quebrar o salto logo na saída.
Peguei minha picape e fui até o Tiny. Era bem pertinho, então cheguei 5 minutos mais cedo. Edward já estava lá.
Entrei e fui direto à mesa de dois lugares em que Edward estava sentado. Ele se levantou para me dar um beijo –na bochecha- e logo se sentou, me acompanhando.
-E ai. – ele disse.
-Eu vou... Conversar com o Emmett hoje. Mandar a real. – eu disse.
-Vai contar sobre... Aquela noite?
-Calma, Edward. Parte por parte. Eu não sei o que eu quero. Vou ligar para ele assim que chegar em casa. Precisamos ter uma conversa séria. – eu disse, séria, apenas minha boca se mexendo.
Celular tremendo... Ligação de: Charlie.
-Alô? – eu disse.
-Bom dia, bebê. Sai de fininho de casa para não te acordar. Tá tudo bem? – ele disse, a voz preocupada.
-Tá sim, pai. O que houve?
-A loja dos Newton foi assaltada essa manhã... Enfim, se cuide, tá? Eu te amo. – ele disse.
-Eu também, pai. Se cuida! – eu disse isso e desliguei o telefone.
-Parece que assaltaram a loja dos Newton... – eu disse, calmamente.
-Pra você ver como a violência tá de mais... Quando nós menos esperamos, cabum, vêm lá uma coisa que nos surpreende. – Edward disse.
-Ei, Ed. Eu preciso ir.. Amanhã a gente se fala.
-Vá com Deus, Bella. – ele disse. E estava pronto para me beijar. Ele pousou seus braços na mesa e inclinou a cabeça uns centímetros para frente.
Eu levantei, e dei um beijo no canto -ponta- esquerdo da boca dele. Ele abriu um sorriso malicioso e eu saí. Entrei na minha picape, e fiquei feliz em ver que o barulho do motor havia se acalmado.
-
Cheguei em casa e a primeira coisa que eu fiz foi tirar aqueles sapatos de plataforma. Eu realmente não estava acostumada em usar salto, e precisava treinar.
Peguei meu celular. Estava na hora.
Ligando... Emmett Cullen.
-Alô? – disse a voz do outro lado do telefone.
-Ei, Emmett. Você pode vir aqui em casa? De novo... Agora a conversa é séria... Precisamos resolver umas coisas...
-Claro. Estou indo. E já estou preparado para o pior, Bella. Não hesite em fazer a coisa certa. Por mais que me machuque, eu só quero te ver feliz. Já to chegando. – então, ele desligou.
Será que ele sabia? Ou desconfiava? Ou será que ele estava jogando verde? Não importa. Eu iria revolver isso HOJE. De hoje nada mais passava. Aqueles pensamentos e sentimentos estavam me consumindo.
Fiquei lendo “O morro dos ventos uivantes” enquanto Emmett não chegava.
Estava tão concentrada, que, mal percebi que haviam se passado 15 minutos e Emm ainda não havia chego.
Ding dong. Ding dong.
É. Era Emmett. Levantei do sofá e fui atender a porta.
Ele entrou e me deu um beijo.
-Você está linda hoje, Bells. Aliás, como sempre. – ele me elogiou.
O que ele queria? Me confundir. Só pode.
-Obrigada, Emm. Sente-se. Estamos sozinhos. – tentei ser o mais gentil possível, por mais que estivesse de TPM.
Ele se sentou no sofá, e eu o acompanhei.
-Emm.. Precisamos conversar. Sobre nós. Não para terminar, e sim, para ver se vale a pena continuar. – eu disse, me atropelando nas palavras.
-Bella. Eu tenho percebido que você anda diferente ultimamente... O que está havendo? Há algo que você queira me contar? – ele disse.
Emmett estava nervoso. Tentava parecer calmo, mas eu sabia o que ele sentia. Como eu disse antes, nossa química era realmente forte. Eu não queria ir direto ao ponto –que nem eu sabia qual era-. Eu não queria acabar com o que quer que seja nossa relação. Tentei parecer calma:
-Emm. Você é lindo, maravilhoso...
-É sempre a mesma coisa. “Você é lindo, maravilhoso.. Mas eu não sou a pessoa certa!” TÁ BOM, BELLA! – ele gritou.
-Calma, Emmett! – eu berrei, para acalmá-lo, de certa forma. – Não é nada disso! Eu só... Preciso de um tempo, um tempo pra pensar...
-Você conheceu alguém, não é? – ele disse, as lágrimas transbordando de seus olhos castanhos.
-Emmett...
-Bella... Você lembra na primeira noite em que nos beijamos? Você lembra, que eu perguntei se você acreditava em amor verdadeiro?
-Lembro, Emm. Porque? – eu perguntei. Ah, droga!
-Eu perguntei aquilo, porque... – ele fez uma pausa, para se recompor; as lágrimas querendo sair para fora de seus olhos – eu já sofri muito por amor. E desde a primeira vez em que eu vi você, eu me apaixonei. Eu sabia que você era a garota certa. E então... – outra pausa – tudo aconteceu tão rápido... Eu posso ter me precipitado. Mas se eu fiz isso, é porque eu realmente te amo. – ele disse, com medo e nervoso.
-Emmett Cullen! – eu disse, tentando pará-lo.
-E minha ex-namorada, Leah... Eu a pedi em casamento. Ela aceitou. No dia do noivado, ela não apareceu. Simplismente me deixou sozinho no altar. Foi o dia mais triste de toda a minha vida. – ele disse. Agora ele chorava.
-Emmett. Eu não disse porra nenhuma! Calma, amor. Eu preciso só de um tempo para pensar... UM DIA. Me dê UM dia! Amanhã eu te falo o que eu decidi, ok? Por favor, fique calmo... Eu não vou te deixar. – eu disse. Eu sabia que algumas partes não eram totalmente verdadeiras.
-Desde o primeiro dia em que você viu Edward, você ficou diferente. Você agiu diferente. Após a noite em que vocês ficaram sozinhos, você não soube explicar nada. Ele fala de você como se você fosse uma deusa, um anjo. –Emmett disse, parando no meio das palavras e sacudindo a cabeça.
Então ele sabia. Ele desconfiava, ao menos. E era por isso que ele aceitou vir aqui. Ele sabia que eu ia pedir um tempo. E mesmo assim veio. E agora?
-Bella... Você está apaixonada pelo Edward?


Espero que estejam gostando! Beijos

tudoportwilight

Mensagens : 10
Pontos : 2890
Data de inscrição : 19/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amor Proibido Empty Re: Amor Proibido

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum