Fanfics
Seja bem vindo(a) ao Fórum Fanfiction.
Aqui você pode ler, escrever, comentar, jogar, fazer amigos e muito mais!
Então... o que está esperando? Se cadastre e comece a diversão! Very Happy

Duelo de Poder

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Qui Ago 25, 2011 1:36 pm

André escreveu:ainda não.. por enquanto gosto das duas


é, elas ainda são as duas boazinhas kkkk
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Benny em Qui Ago 25, 2011 1:40 pm

xD...Nao desvendes nada ja Jess Prateada....tem e de ir ver tudo a minha fic...TA UMA PEDRA HAHAHAHA XD
avatar
Benny

Mensagens : 96
Pontos : 2715
Data de inscrição : 24/08/2011
Idade : 22
Localização : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Qui Ago 25, 2011 1:41 pm

Benny escreveu:xD...Nao desvendes nada ja Jess Prateada....tem e de ir ver tudo a minha fic...TA UMA PEDRA HAHAHAHA XD

eu ja vou amor, ja vou
mas gostaste ao mesmo?
és mesmo desnaturado, nem comentas a serio o cap!!
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por André em Qui Ago 25, 2011 1:42 pm

kkk ... vi que ainda vão se revoltar
avatar
André

Mensagens : 351
Pontos : 2962
Data de inscrição : 23/08/2011
Idade : 28
Localização : Minas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Benny em Qui Ago 25, 2011 1:43 pm

Ta otimo o capitulo marida...ja te tinha dito isso mais de mil vezes!
avatar
Benny

Mensagens : 96
Pontos : 2715
Data de inscrição : 24/08/2011
Idade : 22
Localização : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Qui Ago 25, 2011 1:43 pm

Benny escreveu:Ta otimo o capitulo marida...ja te tinha dito isso mais de mil vezes!


tu este nao tinhas lido ainda unff
mas obrigada ^^
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Qui Ago 25, 2011 1:44 pm

André escreveu:kkk ... vi que ainda vão se revoltar

é mesmo, mas nao vou revelar mais André kkk
se quiser saber vai ter de acompanhar o resto!
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por André em Qui Ago 25, 2011 1:47 pm

#fato.. vou acompanhar
avatar
André

Mensagens : 351
Pontos : 2962
Data de inscrição : 23/08/2011
Idade : 28
Localização : Minas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Sex Ago 26, 2011 1:02 pm

Bem, ta na hora de postar o cap de hoje nao é'?
hoje o cap é extra grande porque eu nao poderei vir à net no fim de semana snif snif
por isso aqui vai, e espero que gostem!!
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Sex Ago 26, 2011 1:04 pm

Capítulo 2


Megan






Uau! Eu tinha mesmo acabado de atravessar uma parede?!
Derrapei para travar a velocidade a que corria com o carrinho à minha frente e olhei para trás de mim. Arfei, espantada. A parede estava lá, parecendo tão lisa e sólida como antes, e ainda com a tableta que dizia "Plataforma 9 e 3/4", mas a verdade é que eu acabara de atravessá-la! Olhei outra vez para a frente e fiquei de olhos arregalados quando vi o enorme comboio vermelho parado ao meu lado. Havia um monte de gente às voltas por ali, os pais a despedir-se dos filhos que entravam para o comboio, os alunos a conversar e a rir à gargalhada uns com os outros. Era uma algazarra enorme, e acima de nós o fumo que saía do comboio tornava o ar mais cinzento do que era na verdade.
- AHHHHHH! - Ouvi o grito assustado de Jillian assim que ela surgiu ao meu lado, saída da parede tal como eu.
Olhei para a minha melhor amiga. Jillian estava pavorosamente branca, como se tivesse visto um fantasma. Mas quando trocámos aquele olhar, o sorriso rasgou-se nos belos lábios dela.
- Uau! Conseguimos mesmo, não foi? Acabámos de atravessar uma parede!
E rimo-nos à gargalhada. Segundos depois surgiu o tio Patrick, o pai de Jillian, muito mais calmo e sem histerismo a atravessar a passagem. Aproximou-se de nós e apontou para o grande comboio.
- Este é o Expresso de Hogwarts. Acho que está na hora de nos separarmos, meninas. Faltam dez minutos para a partida.
Assenti e vi Jillian abraçar o pai com força enquanto se despedia dele. Reprimi o nó de mágoa que se queria formar na minha garganta. Só queria poder fazer o mesmo ao meu pai, mas a esta hora ele devia estar a tratar de algo muito importante, como sempre.
- Anda cá Megan, também vou ter saudades tuas! - Chamou o tio Patrick, e abracei-me a ele também com vontade de não o deixar ir.
Porque Patrick e Emily eram uns verdadeiros tios para mim. Aliás, a mãe de Jillian era quase uma autêntica mãe para mim, e eles estavam mais tempo comigo que o meu próprio pai. Não lhe guardava rancor, mas só desejava que ele pudesse estar mais presente. Quando larguei o tio Patrick, já estava a tentar conter as lágrimas.
- Portem-se bem, meninas, e divirtam-se em Hogwarts! - Disse ele.
- Anda daí Meg, temos um comboio para apanhar! - Disse Jillian.
Deixando para trás o pai dela, empurrámos os nossos carrinhos até junto dos outros. Um homem, vestido com farda vermelha, estava a arrumar os malões no comboio. Parámos os nossos carrinhos junto dele e o sorriso com que nos cumprimentou deu-me a perceber que ele tinha notado logo que éramos novatas.
- Deixem aqui as vossas malas, eu arrumo-as! Tenham uma boa viagem no Expresso de Hogwarts! - Disse ele.
- Obrigada. - Respondi, e depois subi, com Jillian atrás de mim, para dentro do comboio.
Este tinha uma data de vagões diferentes, com espaços fechados onde os alunos se agrupavam por anos de escolaridade. Olhei à minha volta, sentindo-me perdida e confusa. Onde é que eu e Jillian devíamos sentar-nos?
- E agora? - Perguntou Jillian, e quando olhei para ela vi como estava tão confusa como eu.
- Não te preocupes, havemos de arranjar uma maneira… anda daí.
Peguei na mão dela e tentámos furar a multidão que andava de um lado para o outro dentro do comboio, a procurar a carruagem onde se iriam juntar aos amigos. Quando finalmente consegui perceber qual era a carruagem dedicada ao sexto ano - aquele onde eu e Jillian íamos estudar - fiquei mais aliviada. Entrámos para um dos compartimentos livres e sentámo-nos.
- Pronto… a primeira parte já está. - Disse à minha melhor amiga, que parecia super nervosa.
- Eu sei… só espero que as coisas corram bem daqui em diante.
- Jill, olha para mim. - Pedi, enquanto me esticava para pegar nas mãos dela. - Vai correr tudo bem. Esta é uma aventura que começámos juntas e vamos acabar juntas, não te esqueças! Aconteça o que acontecer não nos vamos separar, por isso vai correr tudo pelo melhor.
Jillian assentiu e esboçou um sorriso. Eu conseguia normalmente acalmá-la quando ela começava a ficar mais nervosa. Jillian tinha um problema, que começara a agravar-se há cerca de quatro anos atrás: ela tinha ataques de ansiedade. Mesmo sérios. Quando ela começava a preocupar-se demasiado com alguma coisa, ou quando entrava em pânico, passava-se da cabeça. Havia vezes em que tinha ataques de falta de ar e convulsões, outras vezes desmaiava, mas era sempre complicado. Felizmente eu tinha desenvolvido uma forte capacidade para a apaziguar quando estas "crises" estavam quase a começar.
- OK. Juntas. - Repetiu ela, com aquele sorriso a que eu já estava tão habituada.
- Sempre. - Pisquei-lhe o olho, e depois recostei-me no banco do comboio.
Foi nesse instante que a porta do compartimento se abriu e uma cabeça surgiu. Era um rapaz. Tinha cabelo preto meio despenteado, na verdade era uma autêntica mata de cabelo emaranhado mas liso e tão escuro como breu, mas tinha uma expressão divertida no rosto bonito. Os olhos castanhos dele cravaram-se logo em mim e fez ar de surpreendido.
- Oh… não sabia que este compartimento já estava ocupado… espera aí, vocês são novatas, ou não?
- Vamos entrar este ano para Hogwarts, sim. Mas vamos as duas para o sexto ano. - Respondi, sem hesitar.
Jillian limitou-se a assentir com a cabeça, mas tinha tal como eu o olhar pregado no rapaz à entrada do compartimento.
Ele tinha umas sobrancelhas arqueadas, os olhos semicerrados de desconfiança. No conjunto era mesmo giro. Avançou um pouco mais para dentro da nossa carruagem.
- Como assim? Vocês vêm de outra escola ou é o primeiro ano em que vão entrar numa Escola de Magia?
- Viemos da Escola de Hogwarts na Califórnia. - Respondeu Jillian.
- Ah, americanas! - Riu-se ele, e lancei-lhe um olhar mauzinho.
Se ele achava que lá porque era inglês de gema se ia pôr com aquele tipo de comentários, estava muito enganado. Mas ao ver o meu olhar dilacerante, apressou-se a deixar de rir e a mostrar-se mais sério.
- Pronto, peço desculpa. É só que não estamos habituados a receber alunos de fora… mas vêm para o sexto ano, é isso?
- Sim. - Respondi, cruzando os braços.
- Então sejam bem-vindas. O meu nome é James Potter. - Disse ele, todo orgulhoso.
Jillian já se estava a preparar para dizer apenas "é um prazer conhecer-te James" quando eu me lembrei subitamente do que o apelido dele queria dizer. Praticamente mandei um salto no banco, e fiquei de olhos arregalados.
- Oh meu Deus, disseste Potter?!
- Sim, disse. - Respondeu James, com um sorriso daqui até à Lua, porque parecia que tinha conseguido o que queria comigo.
- O que tem ele chamar-se Potter? - Perguntou Jillian, claramente sem apanhar o que se passava ali.
Olhei para ela e fiz sinal para o rapaz que ainda estava parado à porta. Às vezes era incrível como Jillian conseguia deixar passar coisas como estas.
- Ele é filho do Harry Potter e da Ginny Weasley! - Respondi, e sei que a minha voz se eivou de emoção e alguma histeria também, como costumava acontecer.
Jillian pestanejou, como se eu tivesse falado noutro dialeto, e voltou a olhar para o rapaz.
- Prazer em conhecer-te James.
Ele encolheu os ombros e virou-se novamente para mim.
- Bem, mais uma vez sejam bem-vindas. Espero que fiquem nos Gryffindor como eu e os meus irmãos. Sabem… todos os Potters e os Weasleys ficam nos Gryffindor. - Disse ele, com um sorriso travesso.
- Claro que sei. Lá nos vemos. - Respondi, e retribuí-lhe o sorriso.
Depois ele despediu-se de Jillian e saiu do compartimento, fechando a porta. Jillian olhou para mim com os olhos semicerrados de desconfiança.
- OK, explica-me lá o que acabou de acontecer aqui.
- Jill, não sabes mesmo quem são os Potter? Eles são praticamente uma lenda! - Guinchei, desiludida por ela não acompanhar o meu raciocínio.
- Vais ter de me explicar.
Suspirei e revirei os olhos, e quando o comboio entrou em andamento, comecei a explicar à minha melhor amiga tudo sobre Harry Potter, Ginny Weasley e o resto da família mais famosa de sempre, mas que aparentemente, Jillian não conhecia.
Às vezes continuo a pensar que a minha melhor amiga veio de outro planeta.
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por André em Sex Ago 26, 2011 1:31 pm

otimo capitulo Jess!!!
avatar
André

Mensagens : 351
Pontos : 2962
Data de inscrição : 23/08/2011
Idade : 28
Localização : Minas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jenn :D em Sex Ago 26, 2011 1:40 pm

definitivamente a jillian é uma mula, QUEM NAO SABE QUEM SAO OS POTTERS neste mundo?
megan vais ter muito que ensinar a jillian coitada, completamente tapda, E ANDAVA NUMA ESCOLA DE MAGIO, aff
bem o comboio ja esta apanhado agora RUMO A AVENTURA

_________________
O pecado me atrai, o que é proibido me fascina.” (Clarice Lispector)
avatar
Jenn :D

Mensagens : 1570
Pontos : 4625
Data de inscrição : 12/07/2011
Localização : Far Far Way

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Seg Ago 29, 2011 12:37 pm

Jennifer escreveu:definitivamente a jillian é uma mula, QUEM NAO SABE QUEM SAO OS POTTERS neste mundo?
megan vais ter muito que ensinar a jillian coitada, completamente tapda, E ANDAVA NUMA ESCOLA DE MAGIO, aff
bem o comboio ja esta apanhado agora RUMO A AVENTURA


Jenny tadinha chamaste-a de mula hausuhauushaus
é agora começa a aventura hein ^^
vamos la ver no que isto vai dar
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Seg Ago 29, 2011 1:59 pm

Beem gente, tá na hora de mais um capítulo de "Duelo de Poder"
vou postar agora, espero que gostem!!
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Seg Ago 29, 2011 2:11 pm

Capítulo 3


Jillian






Quando Megan acabou de me explicar tudo sobre Harry Potter e o legado que ele deixara, eu estava de boca aberta. Como é que aquilo tudo me tinha passado ao lado?! Olhei outra vez para a porta do compartimento do comboio. Nem conseguia acreditar que esse tal James Sirius Potter tinha mesmo acabado de entrar ali para falar connosco!
- Portanto, agora que já percebeste tudo, tenta não mostrar o erro que cometeste há bocado. - Brincou Megan, piscando-me o olho.
- Está bem… então quer dizer que vamos mesmo estudar lado a lado com eles? E mais os filhos do Ron e da Hermione Weasley? - Perguntei, ainda sem conseguir acreditar muito bem.
- Exatamente. - Disse Megan, e parecia mesmo feliz por isso.
Deixámo-nos ficar em silêncio durante um longo bocado, mas eu vi que algo a preocupava. Megan olhava pela janela do comboio com ar ausente, como se os seus pensamentos estivessem muito longe dali.
- O que se passa? - Inquiri.
Megan suspirou tristemente e voltou a olhar para mim.
- Não é nada de mais…
- Mas?
O sorriso dela era tristonho.
- Sabes sempre quando há um "mas". - Respondeu.
- Claro que sei. Mas vais contar-me agora o que se passa ou terei de te arrancar a informação à força? - Perguntei, cruzando os braços.
Ela suspirou e assentiu com a cabeça.
- É o meu pai. - Respondeu baixinho.
Baixei o olhar. Já desconfiava que fosse isso. Megan era uma das pessoas mais fortes e otimistas que eu conhecia, mas quando se tratava do pai, tornava-se tudo diferente. Ela queria muito que a relação deles fosse diferente, que eles fossem mais próximos. E sei que o pai dela deseja o mesmo, mas não consegue arranjar mais tempo para estar ao lado dela.
- Ele está a pensar em ti neste momento. - Murmurei.
- Talvez esteja… mas eu só gostava que ele me tivesse vindo trazer à estação, como o teu pai nos fez. Gostava de abraçá-lo uma última vez antes de ficarmos com milhares de quilómetros a separar-nos! - Explicou ela, e a sua voz espelhava bem como ela se sentia desgostosa com a situação.
- Tenho a certeza que vais receber cartas dele imensas vezes. Tenta pensar positivo Meggie… a partir de agora a nossa vida vai levar uma volta enorme, mas vai ser bom para todos.
E quando eu disse isto pareceu que alguém tinha carregado no botão especial dela. Era um suposto botão que havia dentro da cabeça de Megan, que servia para passar do estado "Megan-depressiva" para o de "Megan-normal". E eu sabia bem como ativar esse botão, bastavam as palavras certas e ela ficava logo mais contente, com a disposição em alta. Como voltou a ficar nesse momento.
- É isso mesmo. Tenho de pensar positivo. Vamos mudar de escola, vamos afastar-nos de tudo o que conhecíamos antes. Mas no fim vai valer a pena. - Disse ela, com um enorme sorriso.
- Claro que vai.
Passado pouco tempo as portas do nosso compartimento do comboio abriram-se e revelaram uma senhora que vinha a empurrar um carrinho cheio de doces e petiscos. Ela já devia ter cerca de cinquenta anos, usava o cabelo atado num carrapito no alto da cabeça e tinha ar de avozinha que só quer meter comida para dentro dos netos. Apontou orgulhosamente para todas as guloseimas expostas no seu carrinho, com um largo sorriso.
- Vão querer alguma coisa, meninas? - Perguntou.
Megan levantou-se e aproximou-se do carrinho, observando as várias coisas que lá estavam, e depois virou-se para mim com ar muito animado enquanto apontava para algo.
- Olha só Jill, Feijões de Todos os Sabores da Bertie Bott! - Exclamou, e depois tirou a sua carteira do bolso do manto, e tirou o dinheiro para fora. - São duas embalagens de feijões, se faz favor. Ah, e duas varinhas mágicas de alcaçuz também.
A senhora do carrinho deu-lhe as guloseimas num saco de plástico e depois agradeceu e foi-se embora, tornando a fechar a porta do nosso vagão do comboio. Megan sentou-se novamente no banco à minha frente e abriu o saco.
- Ora, vamos lá ver… toma os teus feijões, Jill. - Disse, enquanto me passava uma das embalagens coloridas que tinham, como sempre, escrito em letras redondinhas "Feijões de Todos os Sabores da Bertie Bott". Abri e tirei um vermelho, que sabia a morango.
- Então, achas que vamos ficar nos Gryffindor com o James e os outros? - Perguntei, quando acabei de comer o feijão com sabor a morango.
- Não sei. - Disse Megan, e depois fez uma careta de quem se tinha agoniado mesmo e deitou o feijão que tinha para o caixote do lixo junto à parede do vagão. - Baaah, aquele sabia a ovos podres.
Ri-me à gargalhada e continuámos a comer e a conversar durante o resto da viagem.
- Eu queria mesmo ficar com ele. Já viste como ele é famoso? - Disse Megan, e tinha os olhos a cintilar.
- Eu acho que ele deve ser um convencido e um arrogante de primeira. - Respondi, levando mais um feijão com sabor a laranja à boca.
- Convencido? - Megan parecia chocada com as minhas palavras.
- Sim! Então, tu disseste que toda a gente, à partida, o conhece e à família dele. Ou seja, é uma autêntica super star. Não achas que deve ser convencido, até mal-educado às vezes?
- Olha que não sei… o Harry nunca foi pessoa de se gabar. Sim, ele é o feiticeiro mais famoso do mundo, mas acho que até tenta levar uma vida calma com a Ginny e isso… - Insistiu a minha melhor amiga, que parecia empenhada em defender os Potter a todo o custo.
Encolhi os ombros e acabei com a minha última varinha de alcaçuz. Continuámos a discutir se James Potter seria ou não arrogante daqui até à Lua até ao fim da viagem. Quando o comboio começou a abrandar a porta do nosso compartimento abriu-se uma vez mais e apareceu outra rapariga. Era alta e muito bonita e tinha mesmo ar de Delegada de Turma.
- Vim avisar-vos que vamos chegar a Hogwarts dentro de menos de dez minutos. - E depois sorriu-nos, mais amistosa. - Sejam bem-vindas. Se fosse a vocês vestia os mantos, o Hagrid não gosta nada que lhe apareçam alunos ainda com os mantos por vestir.
- Está bem… obrigada pelo aviso. - Sorriu Megan, e já se estava a levantar.
- A propósito, o meu nome é Kayla. Se precisarem de alguma coisa avisem!
E depois foi-se embora, tornando a fechar a porta. Levantei-me também e peguei no longo manto negro, pousado ao meu lado no banco do comboio. Coloquei-o pelos ombros e depois ajeitei o cabelo, enquanto Megan reunia as suas coisas e deitava as embalagens vazias dos doces no caixote do lixo. Depois de estarmos as duas prontas e apresentáveis, trocámos um olhar intenso.
- Muito bem, vamos a isto. - O sorriso dela era contagiante.
Aproximei-me para abrir as portas do nosso vagão e saímos para o corredor, que estava completamente cheio de gente. Havia miúdos, de todos os anos escolares, a andar de um lado para o outro e a tentar dirigir-se à saída. Comecei a sentir-me um bocado claustrofóbica no meio de tanta gente, mas foi então que senti uma mão no meu ombro, a puxar-me para fora, para as portas de saída. Olhei por cima do ombro e reparei que era James Potter quem me puxava, com um largo sorriso.
Descemos do comboio e Megan saltou logo atrás de nós, e com o salto o seu belo cabelo loiro ondulou no ar atrás dela. Muitos dos rapazes que seguiam atrás de nós ficaram embasbacados a olhar para ela. Como de costume, Megan causava sensação onde quer que fosse.
Os alunos ficaram todos agrupados diante de uns enormes - mas é que eram mesmo gigantescos - portões de ferro negros, com dois javalis pregados no cimo dos pilares de entrada, a cada lado dos portões. E à frente dos portões estava o homem mais alto e mais corpulento que eu alguma vez tinha visto na vida.
Era bem mais alto que eu, meio metro à vontade, e tinha também o dobro ou o triplo da minha largura. Tinha uma barba tão cerrada e negra que lhe cobria quase toda a cara e só deixava ver os seus pequenos olhos negros, e o cabelo era tão despenteado e cerrado como a barba, pelo que parecia tudo uma enorme juba em volta da cara do homem, que trazia umas pesadas botas pretas, umas calças que mal lhe apertavam na cintura, um cinto preto com fivela dourada e uma camisa aos quadrados. Mas apesar daquele corpanzil todo de meter medo, o sorriso dele era do mais afável que era possível ver-se numa pessoa.
- Sejam muito bem-vindos, uma vez mais, à Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts! Para aqueles que vêm pelo primeiro ano para a nossa escola, sejam bem-vindos também. E para quem ainda não me conhece, o meu nome é Hagrid! Agora vamos lá entrar que não temos a noite toda… - E com isto virou-se para os portões, que se abriram de par em par, para nos dar entrada na escola.
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Benny em Seg Ago 29, 2011 2:58 pm

Fantástico Marida!!!! O Proximo e pa quando?
avatar
Benny

Mensagens : 96
Pontos : 2715
Data de inscrição : 24/08/2011
Idade : 22
Localização : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Seg Ago 29, 2011 3:06 pm

Benny escreveu:Fantástico Marida!!!! O Proximo e pa quando?


hummm... é pra... pois.... pra quando acabar de o escrever :s
va, amanha ou assim xD
mas gostaste mesmo??
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Benny em Seg Ago 29, 2011 3:07 pm

Sim!!! Está brutal :DDDD
avatar
Benny

Mensagens : 96
Pontos : 2715
Data de inscrição : 24/08/2011
Idade : 22
Localização : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Seg Ago 29, 2011 3:08 pm

Benny escreveu:Sim!!! Está brutal :DDDD


thanks my love ^^
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Seg Ago 29, 2011 4:05 pm

Beem, no próximo capítulo vão entrar algumas personagens novas, e está na hora de as apresentar. aqui estão elas:



Esse é Jacob Murray




E Jean-Pierre


E entretanto aqui estão as fotos das outras personagens, que já faziam parte da saga:



James Sirius Potter




Lily Luna Potter




Rose Weasley


Espero que tenham gostado! a proxima parte vem amanha!
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Benny em Seg Ago 29, 2011 4:09 pm

Really...o Zack Efron?! HAHAHAHA
avatar
Benny

Mensagens : 96
Pontos : 2715
Data de inscrição : 24/08/2011
Idade : 22
Localização : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Seg Ago 29, 2011 4:17 pm

Benny escreveu:Really...o Zack Efron?! HAHAHAHA


opah apeteceu-me. Problemas?? xD
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Qui Set 01, 2011 4:02 pm

Capítulo 4


Megan






A viagem de comboio tinha sido agradável, e Jillian tinha mesmo conseguido animar-me e fazer-me esquecer o meu pai durante algum tempo. E conhecer o famoso James Potter também tinha melhorado - e muito! - as coisas. Nunca me passou pela cabeça que fosse mesmo conhecê-lo, ainda por cima no Expresso de Hogwarts, mas fiquei mesmo contente com isso.
E agora estávamos a entrar para dentro da escola, a seguir todos atrás do maior homem que eu já vira, que se chamava Hagrid e devia ser, quase de certezinha, meio gigante. Seguimo-lo todos sem dizer nada, e eu sentia o nervosismo de Jillian, que seguia ao meu lado mas não conseguia tirar os olhos de Hagrid, que seguia lá à frente da fila com um candeeiro na mão para iluminar o caminho.
Foi quando chegámos em frente às enormes portas de entrada, em madeira de carvalho. As portas eram realmente enormes. Afinal de contas, Hogwarts era um castelo cheio de torres e torreões que até metia medo. A nossa antiga Hogwarts era menos medieval, tinha mais ar de liceu moderno. Aqui era tudo à antiga.
Hagrid bateu três vezes com o punho fechado na porta de madeira e esta abriu-se ao fim de pouco tempo, para revelar uma mulher que usava um longo manto verde-esmeralda e um chapéu grande e pontiagudo na cabeça, igual ao que muitos dos alunos usavam também, mas enquanto os nossos eram pretos, o dela era verde-escuro para condizer com o manto até aos pés.
Tinha um ar tão austero que se fez um silêncio cerrado à sua volta, ninguém ousava desafiar aquele ar de imponência e ameaça. A mulher dedicou um pequeno sorriso para Hagrid e depois fez-nos sinal que a seguíssemos para dentro do castelo.
Assim fizemos, todos em fila atrás dela e com Hagrid sempre a acompanhar-nos. Deparámo-nos com o maior Hall de Entrada que eu alguma vez vi. Era tão grande que cabia ali dentro uma casa inteira à vontade. As paredes eram de pedra e tinham archotes lá metidos para iluminar a grandiosa divisão. Lá ao fundo tinha uma enorme escadaria de mármore que dava acesso aos andares de cima do castelo.
A tal feiticeira virou-se outra vez para nós, subiu para o primeiro degrau das escadas para conseguir falar e ser vista por toda a gente, e quando levantou os braços, foi como se nos quisesse albergar a todos sobre eles, num abraço coletivo de boas-vindas.
- Sejam muito bem-vindos à Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts Londrina. O meu nome é Professora Lydia Brakeish. Para aqueles que vêm pela primeira vez para a escola, temos aqui um caso ou dois, espero sinceramente que gostem da estadia e que passem aqui os melhores anos das vossas vidas. Por favor, coloquem o braço no ar aqueles que estão de chegada à escola, porque precisamos de saber quais de vocês irão passar pela Seleção das Equipas. - Disse ela, e a sua voz era poderosa e autoritária, ouvia-se bastante bem e dava a impressão de que era melhor não a contrariar.
Vi, com um misto de embaraço e vontade de não dar mesmo nas vistas, que eu e Jillian éramos mesmo umas das únicas alunas novas, porque só havia mais três alunos na nossa situação, dois rapazes e uma rapariga. A Professora Brakeish assentiu com a cabeça e depois apontou para as grandes portas, igualmente em madeira de carvalho, na parede à nossa direita.
- Aqui é a entrada para o Salão Nobre. Exceto estes cinco alunos que são novos, os restantes já sabem que deverão entrar e sentar-se nas mesas das vossas Equipas. Os cinco novatos, fiquem aqui comigo.
Não gostei lá muito que ela me chamasse "novata". Fazia-me quase sentir como os alunos do primeiro ano, que ainda deviam estar a caminho do castelo, mas que entrariam depois de toda a gente já estar sentada, para que todos pudéssemos assistir à Eleição deles. Assim, o resto dos nossos colegas do sexto ano foram com Hagrid para o Salão Nobre, enquanto eu, Jillian, os dois rapazes e a outra rapariga ficámos em frente à Professora Brakeish no Hall de Entrada.
- Para vocês o caso é ligeiramente diferente. É o primeiro ano que estudam na nossa escola, mas com certeza já andaram nas outras escolas de Magia e Feitiçaria espalhadas pelo mundo. Apresentem-se!
Olhei à minha volta, para ver se alguém se dignava a começar, mas já que isso não aconteceu, dei um passo em frente e tentei não parecer tímida e envergonhada como os outros. Queria deixar uma boa impressão logo desde o início.
- O meu nome é Megan Hunter, e venho da Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts na Califórnia. - Respondi, com a minha voz a soar bastante calma, clara e imperturbável.
A Professora Brakeish assentiu solenemente e dei um passo atrás. Jillian seguiu-se-me imediatamente, com a mesma confiança com que eu tinha falado:
- Eu chamo-me Jillian Lakes, e também vim da Escola de Hogwarts da Califórnia.
E quando ela deu um passo atrás, após a permissão da professora, um dos rapazes avançou para se apresentar. Era alto e mesmo giro, com olhos e cabelos cor de chocolate e um ar de quem daria um fantástico jogador de rugby.
- Chamo-me Jacob Murray, e vim da Escola de Magia e Feitiçaria de Durmstrang.
Ah! Ele vinha da mesma escola onde o meu pai tinha estudado. E pelo que eu ouvia dizer desde pequena, era uma escola muito severa. O sotaque dele comprovava logo de onde ele vinha. A Professora Brakeish disse-lhe também que podia afastar-se e o outro aluno avançou, também ele sem rodeios.
- O meu nome é Jean-Pierre Fabryce, e venho da Escola de Hogwarts de França. - Observei-o enquanto ele falava. Tinha cabelos loiros e olhos castanhos-claros, e uma pose de confiança inabalável.
E finalmente foi a vez da única rapariga do trio se aproximar da Professora Brakeish para se apresentar. Parecia mais reservada que os rapazes, e não era tão bonita como eu ou Jillian, mas tinha um rosto igualmente agradável, cabelo preto e olhos castanhos-escuros.
- Chamo-me Irina Fernandez e venho da Escola de Hogwarts de Espanha. - Sussurrou, como se fosse demasiado acanhada para falar.
Depois de ela recuar para junto de nós, a Professora Brakeish assentiu e dirigiu-nos um breve sorriso, antes de apontar novamente com o braço para as grandes portas de entrada do Salão Nobre.
- Daqui a cinco minutos virei chamar-vos para a Eleição das Equipas. Até lá, não saiam daqui. E aprendam isto depressa: em Hogwarts respeitam-se as regras, porque quem não o fizer sofre graves consequências.
Irina estremeceu quando ela disse isto, e depois ficámos todos em silêncio a ver a Professora Brakeish entrar no Salão Nobre e tornar a fechar as portas. Instintivamente virei-me para Jillian, era o que fazia sempre quando precisava de apoio e de me acalmar.
- OK, não nos vamos preocupar. Correu bem, certo? - Perguntei, tomando as mãos dela nas minhas.
Jillian assentiu, mas tinha o olhar pregado na porta e não parecia ser capaz de deixar de a fitar, como se tivesse medo que saltasse um bicho papão de lá.
- Como é a Eleição? Leste alguma coisa sobre isso? - Perguntou-me, ainda sem olhar para mim.
- Li que há qualquer coisa com um Chapéu Mágico que fala, eles metem-to na cabeça e ele diz-te qual a Equipa em que vais ficar.
Depois de eu ter dito isso, Jillian virou-se mesmo para me olhar com o ar mais horrorizado do mundo.
- O quê? Então não és tu que escolhes?
Abanei a cabeça em negação, sem saber ao certo se aquilo a iria deixar ainda mais nervosa. Mas Jillian fechou a boca, cerrando bem os maxilares, e levantou a cabeça com confiança, sem se deixar ir abaixo por aquela revelação. Eu adorava quando ela se mostrava assim forte e inabalável.
- Com sorte ainda ficam as duas na mesma equipa. - Comentou Jacob Murray, o tal rapaz da Durmstrang, que se aproximara de nós.
- Espero mesmo que sim. E tenho a certeza que é o que vai acontecer. - Respondi, acrescentando a segunda parte ao ver o ar mais assustado de Jillian.
- Vocês conhecem-se há muito tempo? - Insistiu Jacob, cruzando os braços super musculados.
- Desde o primeiro ano na antiga escola onde andávamos. Desde os onze anos que andamos na mesma turma, por isso agora eu ia ficar mesmo zangada se nos separassem. - Respondi.
O sorriso que Jacob me lançou foi indecifrável. Irina e Jean-Pierre aproximaram-se também, como se quisessem participar na conversa.
- Eu estou com um bocado de receio de ser colocada nos Slytherin… - Comentou Irina, em voz baixa.
E ainda ficou mais transtornada perante o olhar furioso que Jacob lhe lançou naquele instante.
- Tens algum problema com os Slytherin? Eu espero sinceramente ser escolhido para ir para lá. É a Casa que tem os feiticeiros mais fortes.
- Mas também deves saber, Jacob, que foi dos Slytherin que vieram todos os Devoradores da Morte que existem. - Atiçou Jean-Pierre, com um sorrisinho provocante.
Jacob retraiu-se e quando falou foi entre dentes, como num rosnido de ameaça.
- Não tens de os chamar para a conversa. Deixa-os estar lá longe onde eles estão muito bem.
- O que são os Devoradores da Morte? - Perguntei, e o nome fez-me impressão, alguma… aversão na verdade.
Mas antes que Jacob ou Jean-Pierre pudessem responder-me, as grandes portas do Salão Nobre abriram-se de par em par e ficámos com a vista desimpedida para o gigantesco salão.
A Professora Brakeish tornou a aparecer e fez-nos sinal que a seguíssemos. Troquei um olhar intenso e cheio de significados com a minha melhor amiga e depois inspirámos fundo e dirigimo-nos para o interior do Salão, ao lado de Jacob, Jean-Pierre e Irina.
Dava-me a impressão de que todos os olhos das pessoas presentes no grandioso salão estavam pregados em nós. E à medida que andávamos através do longo corredor que dividia o salão ao meio, com duas longas mesas de ambos os lados, senti-me a ficar mais nervosa. Só desejei que Jillian - que estava de certeza ainda mais ansiosa que eu - não tivesse a brilhante ideia de ter uma crise de nervos naquele preciso momento, porque não daria mesmo jeito nenhum.
As quatro longas mesas do salão tinham bancos baixos de cada lado, onde estavam sentados todos os alunos. Eu já sabia, pelo que lera, que as mesas correspondiam às Equipas: a mesa do extremo direito era a dos Slytherin, seguida da dos Hufflepuff, e do lado esquerdo, a dos Ravenclaw primeiro e quase encostada à parede de pedra a mesa dos Gryffindor. Estavam as quatro cheias de alunos, e acima de nós brilhavam centenas de velas que levitavam sem parar, a iluminar o Salão. Esta parte das velas e do tecto com encantamento para parecer o céu noturno lá de fora era comum à Escola de Hogwarts da Califórnia, pelo que não me espantou, mas a Jacob sim. Em Durmstrang não devia haver aquilo.
Ao fundo, a formar o topo da sala, encontrava-se a grande mesa dos professores e do Diretor. Neste caso, Diretora. Eu já tinha ouvido falar da Professora McGonagall, ela tinha um ar de majestosidade incontestável, e um rosto ainda mais severo que o da Professora Brakeish. Pressenti logo que ela devia deter - e muitíssimo bem - o controlo de tudo e mais alguma coisa dentro de Hogwarts.
Parámos os cinco em frente à mesa dos professores e da Diretora, e o Salão Nobre quedou-se em silêncio a observar. Então a Professora McGonagall levantou-se e dedicou-nos um sorriso.
- Sejam bem-vindos à Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts. Espero que estejam bem impressionados com o nosso castelo… vamos agora prosseguir para a Eleição das Equipas.
E fez-nos sinal para um banco de madeira que estava colocado ao lado da mesa dos professores. A Professora Brakeish levou-nos até lá e pegou no tal Chapéu Selecionador. Depois fez sinal a Jean-Pierre para se sentar lá, e ele assim fez.
Assim que a Professora lhe colocou o chapéu na cabeça, a aba deste começou a mexer-se como uma boca, o que provocou um espanto enorme tanto em mim como na Jillian, mas tentámos não dar muito nas vistas.
- GRYFFINDOR!
O sorriso resplandecente de Jean-Pierre quase ofuscava o Sol, e a mesa dos Gryffindor ergueu-se em aplausos e vivas, enquanto ele se levantava e corria até lá para se sentar ao lado deles.
E de seguida foi Jacob Murray, que se sentou obedientemente, e o chapéu assim que lhe assentou na cabeça já estava a gritar "SLYTHERIN!". Jacob levantou-se, visivelmente contente, e dirigiu-se à mesa dos Slytherin, que já tinham irrompido em aplausos de alegria, para se sentar junto deles.
Irina foi escolhida para os Ravenclaw, e foi a vez da mesa deles festejar.
E tinha finalmente chegado a hora da minha Eleição e de Jillian. Trocámos um olhar demorado, como se trocássemos pensamentos e déssemos força e coragem uma à outra, e depois a Professora Brakeish chamou Jillian e ela suspirou e foi sentar-se no banco.
O Chapéu demorou algum tempo a decidir-se, e o salão inteiro estava em silêncio para ouvir a decisão. Finalmente ele gritou a plenos pulmões:
- GRYFFINDOR!
Jillian sorriu, contente e emocionada, e levantou-se da cadeira. Sorriu-me e piscou-me o olho.
- Vemo-nos na mesa dos Gryffindor.
E fiquei a vê-la correr, quase a saltitar até lá. Sentou-se junto a Jean-Pierre e depois ambos cravaram os olhos em mim quando me fui sentar no banco, e a Professora Brakeish pousou o Chapéu Selecionador na minha cabeça.
Ele só demorou uns segundos a decidir-se, para meu espanto.
- SLYTHERIN!
E foi nesse momento que senti o coração a cair-me aos pés.
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jenn :D em Qui Set 01, 2011 5:09 pm

jess deixaste me tão anciosa na outra fic que vim aqui e li estes dois caps num pulo enquanto esperava que postasses!!
fiquei com pena delas n terem ficado na mesma equipa mas se nao fosse assim a fic nao ia ter todas as reviravoltads que eu estou mesmo a ver que vai ter!!
ainda bem que ja explicaram pra tolinha que eram os potters e isso, ela vai parecer mesmo trenga se continuar a perguntar coisas como "quem sao os dementors" oh jess arranja lhe uns livros pa ela ler, senao vai passar vergonhas.
elas sao mesmo amigas é uma pena que depois se virem uma contra a outra, adorava muito que esta escola existisse, aqueles feijoes sempre me pareceram um desafio, eu era incapaz de os comer assim a sorte, mas sao super divertidos xDDD

_________________
O pecado me atrai, o que é proibido me fascina.” (Clarice Lispector)
avatar
Jenn :D

Mensagens : 1570
Pontos : 4625
Data de inscrição : 12/07/2011
Localização : Far Far Way

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Jess Silver em Qui Set 01, 2011 5:12 pm

Jennifer escreveu:jess deixaste me tão anciosa na outra fic que vim aqui e li estes dois caps num pulo enquanto esperava que postasses!!
fiquei com pena delas n terem ficado na mesma equipa mas se nao fosse assim a fic nao ia ter todas as reviravoltads que eu estou mesmo a ver que vai ter!!
ainda bem que ja explicaram pra tolinha que eram os potters e isso, ela vai parecer mesmo trenga se continuar a perguntar coisas como "quem sao os dementors" oh jess arranja lhe uns livros pa ela ler, senao vai passar vergonhas.
elas sao mesmo amigas é uma pena que depois se virem uma contra a outra, adorava muito que esta escola existisse, aqueles feijoes sempre me pareceram um desafio, eu era incapaz de os comer assim a sorte, mas sao super divertidos xDDD

hahahahaha fizeste-me rir agora com este comentário xD
é uma pena realmente, mas tal como disseste, é pelo bem da historia e das suas reviravoltas
a Jillian é um bocadinho burrinha, mas é só agora ao inicio, e depois vai ser bom ela nao conhecer os Potter, vais ver
e quanto aos feijoes, tambem sempre achei interessante, e gostava de experimentar um dia
vamos experimentar as duas xD

ainda bem que gostaste ^^ e já postei na tua fic, está descansada!
avatar
Jess Silver

Mensagens : 958
Pontos : 4317
Data de inscrição : 20/08/2011
Localização : Com o Damon... a caminhar pelo Paraíso... ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duelo de Poder

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum